Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“LULLAPALULLA”: O Macunaíma Canibal De Caetés!!!

“LULLAPALULLA”: O Macunaíma Canibal De Caetés!!!

O problema pessoal e substancial de “Lullapalulla” é que elle se refugia na própria crueldade ideológica (demagogia) e na suposta inconsciência dessa crueldade. Sua disposição afetiva essencial (phatós) seu sentimento de suposta empatia e compaixão pelos pobres e miseráveis do meio gregário dos quais provém, é uma mentira comprovada por sua atuação de liderança política e social chegada à esquemas de corrupção institucional. Mais do que provados juridicamente.

“Lullapalulla” permitiu-se enganar pela vontade do poder que corrompe. Corrompe os corações e mentes daqueles que são cooptados por ele. O poder corrompe o caráter até daqueles que, semelhantes a Lulla, não têm nenhum caráter. “O poder absoluto corrompe absolutamente” no dizer de Lord Acton. Nietzsche por sua vez afirmou que, para um refrão demagógico parecer verdade basta ser repetido várias vezes. Hitler na Alemanha dos anos 30/40 e Lulla Ratão no Brasil de hoje souberam abusar desse golpe.

“Lullapalulla” acreditava, talvez, no conteúdo social de seus primeiros discursos??? Se acreditava, por que os transformou em mera futilidade verbal e demagogia??? Suas aparentes verdades ideológicas e políticas comprovaram-se mentiras na carne enganada e ferida daqueles que supostamente um dia acreditaram em suas bravatas de palanque. Por que ainda não o abandonaram de vez por todas???

Por quê??? Porque temem ficar sozinhos sem seu líder de mentira e admitir que foram trapaceados por um ilusionista de circo dos horrores. As supostas verdades de suas promessas populares de enganação coletiva, o apelo enganoso e a manipulação de esperanças e sentimentos públicos visavam apenas conseguir a façanha do alpinista social sem nenhum caráter. O Macunaíma de Caetés se revelou um sórdido canibal.

Ao invés de propiciar esperança e liberdade para seu povo, outorgou-lhe servidão. Preferiu trocar as antigas e supostas verdades do humanismo superficial de palanque, pelos esquemas milionários do enriquecimento ilícito seu e de seus familiares. Sua vontade oculta de fazer parte das “zelite” que fazia de conta criticar realizou-se.

Suas propriedades móveis e imóveis são em tal quantidade que nem precisa negar pertencer a elle apartamentos, sítios, fazendas chácaras, criação bovina e suína outras que não o apartamento no Guarujá e o sítio em Atibaia. Pertences de menor monta.

Com dinheiro assaltado do patrimônio público financiou dinastias oligarcas (tiranias) do marxismo (fiéis asseclas dos “cumpanhêros” Lênin, Stálin, Mao, Trotsky, Gramsci, Fidel, Putin “et caterva”) corjas e hordas de vadias e vadios mundo afora e país adentro. Comprou o apoio do terrorismo de movimentos sociais que comem ferozmente a ração bovina e suína nos cochos construídos nas fábricas côncavas e convexas da corrupção institucional.

As verbas e o capital social dos brasileiros que pagam seus impostos foram canalizados pela soberba vingança social dos devoradores de mortadela que ainda aplaudem o tablado do Analfabeto que traiu a esperança popular de poder contar com serviços públicos de qualidade, pelo menos razoável, mas que viu o dinheiro de seus impostos se esvair pelo esgoto bolivariano do socialismo mais degenerado, como nunca se viu antes neste país.

“Lullapalulla” continua a manter a insensatez e a agressividade incontida da língua de trapo, da expressão corporal ridícula, mesmo sabendo que ambas não valem mais nada. Pobre “Lullapalulla” tão rico em mentiras que se revelaram irreversíveis pesadelos!!!

Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 21/04/2017
Reeditado em 21/04/2017
Código do texto: T5976913
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Decio Goodnews
São Paulo - São Paulo - Brasil
1479 textos (410056 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/17 18:01)

Site do Escritor