Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PROFESSOR E MESTRE II. Com o soneto: "Professor"

DIA DO PROFESSOR: PROFESSOR E MESTRE II

Neste 15 de outubro__ Dia do Professor, minhas mais profundas homenagem aos “Mestres”.
Diga-se de passagem, Mestre, de fato, é o Eu Interior. Para nós, professores, com certeza, esta atividade é sacerdócio que, em amor, também é o exercício da paciência, da persistência, na transmissão do conhecimento; cabe-nos, na realidade, a divina oportunidade de incentivar o despertar do aluno. Pois a educação pessoal, somente ele é, ou não, capaz de construir.
Como tal, através da maneira como são ministradas nossas aulas, da constante solicitação de muitas leituras, na realização de debates freqüentes em sala de aula, das muitas chances que se oportunizam para levar os discentes às reflexões necessárias; devemos oportunizar, sim, a compreensão, e como tal, a aceitação dos conteúdos ministrados, para que o aluno interiorize o aprendizado, e, não, apenas superficialmente, memorize a matéria por alguns dias. Pois se assim for, no futuro, não mais lembrará do que foi transmitido. E o tempo gasto em aula, não terá sido muito válido.
Por outro lado, analisando o outro lado da moeda: e o aluno, afinal, vai querer apenas passar, ou aprender? Se continuar existindo nas estatística de pesquisas de opinião junto aos discentes, a constação de  que a maioria deles, apenas, quer nota, sem muito se importar com o aprendizado, lamento muito, mas, nossos líderes, no futuro, deixarão muito a desejar; não estarão preparados para às missões que lhes forem confiadas. Digo isto, eis que, no cenário nacional, têm líder que não foi além de um “diploma de torneiro mecânico", e, acha que, para o cargo que exerce, o diploma em tela foi, e é, suficiente. É suficiente?!
Finalmente digo, estar nos bancos escolares  não é uma obrigação que o aluno precisa fazer para satisfazer ao seu pai, a sua mãe, ou ao seu responsável, e sim, uma necessidade dele, discente, que, hoje, necessita preparar-se para as maiores exigências do mercado de trabalhos amanhã, no seu futuro. A moleza do “filhinho de papai” __ que, muitas vezes, nem é o filho do pai abastado, mas sim, do pai que, como dizem, "não ´tá´ nem aí", com certeza, um dia acaba; até porque o papai não é eterno. Cuidado: prepare-se para quando o futuro chegar: seja você estudante de primeiro, de segundo ou de terceiro grau.

Neste estado de espírito, ofereço aos meus prezados colegas, professores, e aos meus, diletos alunos, e, a todos vocês, o soneto abaixo:

O PROFESSOR

O PROFESSOR, UM VELHINHO JÁ TRÊMULO E CANSADO,
OLHA CONTENTE SEUS DISCÍPULOS QUE A LER ESTÃO.
DE VEZ EM QUANDO, NOS INTERVALOS DO DITADO,
BAIXA OS OLHOS, QUE LENTOS REPUSAM NO CHÃO.

SERÁ CANSEIRA, SERÁ O CÉREBRO QUE ESTÁ CANSADO?
PELO TRABALHO DIÁRIO DE TOMAR LIÇÃO POR LIÇÃO,
ENSINANDO E FAZENDO VER AO ALUNO RENEGADO
QUE DA CULTURA DEPENDE O PROGRESSO DA NAÇÃO?

NÃO. É QUE QUEM PASSOU A VIDA A ENSINAR,
QUE SACRIFICOU TUDO PELO PRAZER DE EDUCAR,
VÊ AGORA SUA EXISTÊNCIA AOS POUCOS SE EXINTINGUIR.

E ENQUANTO DIAS E ANOS VELOZES VÃO PASSANDO,
ELE MEDITA NA IDÉIA DE MORRER ENSINANDO,
NUM ANSEIO DE A PRÓPRIA MORTE INSTRUIR!...

Porto Velho, 15 de outubro de 2005.

Amando a Essência Divina Individualizada Em Você, em Vocês, para Expansão na LUZ,
Aqui, Agora, Desde Sempre, Enquanto na Roda da Vida, e Além, Como Expansão Constante do Todo, na Vontade Maior, Eternamente, EM LUZ.

Trabalhando Por Rondônia, Pelo Brasil,
Aqui, Agora,


In Sugestão:
E que cada um de nós Seja Capaz de Doar o que não lhe for útil para o irmão próximo, pois isto será uma benção renovadora, em prol de todos os necessitados.
Saibamos que, assim, estaremos semeando no Cosmos, sempre fértil, para o nosso próprio porvindouro, em Abundância Plena, necessitados que somos, não só do Pão Físico, mas do Eterno: justo e perfeito.

Haja LUZ. Haja ÉTICA.


Prof. Vitor Hugo Bitencourt da Silva

Sócio Fundador da Associação Rondoniense de Poesia – ACARP
Sócio efetivo e Comendador da Ordem da Confraria dos Poetas Brasil – OCPOETAS BRASIL
DOUTORANDO
Web Site: http://www.vhbbrasil.recantodasletras.com.br
E-mail: vhbbrasil@vhbbrasil.recantodasletras.com.br /

Prof Vitor
Enviado por Prof Vitor em 15/10/2005
Reeditado em 15/11/2005
Código do texto: T59893
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Prof Vitor
Porto Velho - Rondônia - Brasil
142 textos (19423 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 12:01)