Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Futuro Chipmestre

     1984 visto por George Orwell em 1948 foi muito diferente, mas a previsão do que virá continua a nos seduzir. Prevê-se que o Brasil melhorará muito no cenário mundial juntamente com China e Índia, mas é na ciência nossa curiosidade maior. A revista Superinteressante 168/2001 fala sobre as previsões para 2014:“O ser humano transforma materiais desde que atirou a primeira pedra. Agora está perto de fazer isso em escala molecular, reposicionando átomos. Quando dominarmos o universo do nanômetro (1 bilionésimo de metro), poderemos, em tese, transformar carvão em diamante. Seremos capazes de construir nanorrobôs, máquinas muito menores que bactérias. Esses robôs trabalharão sozinhos e em rede, rearranjando moléculas, construindo e reconstruindo tudo o que existe.Haverá nanocoisinhas para purificar o ar, para garantir a temperatura e o grau de umidade das plantas na lavoura,câmeras e microfones muito menores que um grão de areia, tudo na mais completa e temerária invisibilidade. Robôs ingeríveis, capazes de se multiplicar, vão identificar vírus e liquidá-los antes que a doença se manifeste”.(pág. 64).As previsões para 2020 são computadores dobráveis e embutidos em roupas, remédios sob medida, vacinas comestíveis, carros que obedecem a comandos de voz…Mas e os próximos cem anos? Podemos arriscar que na trilha do que acontece hoje a tendência é trocarmos muitos objetos e relações que temos com o mundo de forma material para uma forma orgânica, ou seja, da mesma forma que os servidores de alguns anos atrás eram imensos a tendência é diminuirmos cada vez mais os computadores e fazê-los entrar em nosso corpo em forma de microchip: um “chipmestre” colocado no braço, por ex, que “controlará” toda nossa vida. Objetos como telefone, televisão, computador pessoal, reprodutor de filmes e música, quadros, não precisam ser reais, o que precisamos deles é o que eles fazem/mostram, então através da conexão do chipmestre implantado em nós poderemos ligar estes objetos através de movimentos do dedo, do braço ou da cabeça e micro câmeras jogarão no ar as imagens que queremos assistir, que serão controladas da mesma forma. A comunicação de voz será feita de microchip para microchip, não precisaremos segurar nada pois ouviremos e responderemos direto no ar que a outra pessoa fará o mesmo. Também será através do chipmestre que pagaremos nossas despesas:simplesmente passaremos pelos controladores na parede dos supermercados, escolas, farmácias, lojas, e o valor do que comprarmos será debitado automaticamente em nossa conta. Será o fim das longas filas também nos cinemas e teatros. Porém há desvantagem em ter um chipmestre implantado no corpo:os leitores laser podem estar em toda parte e acabar com a privacidade dos cidadãos, o que provavelmente será uma das grandes questões judiciais de 2107.O ar terá uma crucial importância e provavelmente será muito disputado pois na faixa até dois metros é que se projetarão as imagens do que queremos. A realidade virtual, expressão criada por Jaron Lanier, aproximará pessoas em reuniões de trabalho, cada uma em seu lugar, ligadas através dos sistemas de comunicação - elas poderão fechar os olhos e ter a sensação de estar no local combinado: um ambiente virtual com todos os detalhes do real que foi filmado anteriormente por várias câmeras simultâneas, algo como o filme Matrix. Quem gosta de videogames vai amar estes jogos em que o cérebro “acredita” que é um personagem, podendo até dormir e acordar, uma conexão de muitas horas somente interrompida para se alimentar, o que pode causar uma sobrecarga no corpo de ordem tal que podem surgir doenças específicas. Claro que cadeiras, mesas, camas, pias, coisas que precisamos da presença física continuarão físicas, mas definitivamente a era chiporgânica chegará.
Tatiana Brioschi
Enviado por Tatiana Brioschi em 24/08/2007
Código do texto: T622127
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tatiana Brioschi
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil
39 textos (27617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:42)
Tatiana Brioschi