Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A M I G O S . . .

      O Sol é tão amigo da Lua que um dia disse a ela : eu, como trago dentro de mim o calor incandescente do fogo, vou aquecer a terra durante o dia e quando eu me for e a noite chegar, você majestade prateada, ilumine a noite para que o seresteiro apaixonado cante para sua amada.
       O coração é tão amigo do sangue, que um dia disse a ele: você que é líquido e pode fluir pelas artérias, vou bombeá-lo para que juntos possamos ter um ser humano mais humano.
       Os olhos são tão amigos dos pés que um dia disse a eles: vou enxergar os caminhos para que caminhe por caminhos retos aquele ser humano que o coração e o sangue fizeram vivo.
        O violão é tão amigo do violeiro, que com um roçar de dedos em suas cordas, uma melodia suave e encantadora surge inebriando os ouvidos e a alma da amada. A amada que aquele seresteiro iluminado pela majestade prateada cantou em seus versos. . .
Eber Emanoel
Enviado por Eber Emanoel em 30/08/2007
Reeditado em 24/11/2007
Código do texto: T630968
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eber Emanoel
Ribeirão das Neves - Minas Gerais - Brasil, 66 anos
222 textos (18829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 19:17)
Eber Emanoel