Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cassação de Calheiros é questão de tempo.

 

            O Senado Federal vai decidir nesta quarta-feira (12/09/2007) o futuro político do presidente do senado Renan Calheiros. Algo já de inicio é constrangedor para a casa.  Eticamente este presidente sobre júdice deveria se licenciar para uma maior transparência na condução do julgamento. 

            Em sessão aberta a Comissão de Ética já decidiu sua posição de forma esmagadora, porém, agora cabe ao plenário deliberar definitivamente. Se pesquisa de fato explanasse a verdade e o numero servisse como amostragem Renan já estaria cassado. No entanto, como há jogos de interesses políticos esta matemática não é exata. 

            O voto secreto embora seja algo que tira a transparecia em determinados momentos é fundamental. Enfim, acaba sendo um mal necessário. Neste caso de Renan vejo desta forma. Quer queira ou não ele representa o governo. Embora o Executivo queira passar uma imagem de neutralidade sabe-se que trabalha diuturnamente nos bastidores para a absolvição de Renan – pelo menos para este processo.  

            Os senadores que são favoráveis à cassação devem ser preservados, ainda que seja pela votação secreta. Votar pela cassação de Renan é também votar contra o Executivo e qualquer político sabe o que votar contra um governo que tem a massa na mão, isto é, o apoio da sociedade brasileira é suicidar-se. 

            No entanto, o governo sabe que Renan não tem chance de sobreviver, vai cair, é uma questão de tempo e talvez o que ele (governo) não deseja é que seja agora. Há outros processos em andamento e o governo sabe que continuar forçando para mantê-lo é se desgastar perante a opinião pública.

            Outro fato interessante é o perfil que fazemos de alguns políticos; o político "governista". Muitos dos politicos governista são aqueles políticos que não tem ideologia, não tem idealismo, é uma pessoa oportunista que vive mamando no governo. São políticos sem moral e sem escrúpulos, pois sempre estarão na situação seja quem for o governo. É o tipo do parlamentar que conhece muito bem o executivo. Sendo assim, é um comendo na mão do outro. 


         
Por outro lado Lula sabe o que significa virar as costas para políticos como estes. Segundo o próprio Roberto Jéferson – aquele que jogou lama no ventilador pra não dizer outra coisa – quando o governo virou a costas para ele e ainda o tentou derrubá-lo, ele (Jéferson) fez o que fez. 

            Finalizando, se não for desta vez que Renan será caçado na próxima oportunidade. Ele já está condenado e de certa forma está sozinho. Apenas o governo e os parlamentares vão usar a melhor maneira para tirá-lo de lá sem maiores traumas e prejuízo para ambos.

Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 11/09/2007
Reeditado em 11/09/2007
Código do texto: T648178
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 52 anos
5339 textos (1250665 leituras)
5 e-livros (11958 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 18:28)
Ataíde Lemos

Site do Escritor