Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA FUGIR DAS DROGAS, TUDO É VÁLIDO?

PARA FUGIR DAS DROGAS, TUDO É VÁLIDO?


Há nos dias de hoje, muita publicidade em torno do uso de drogas, como jamais se fez em todo tempo. Veja um jornal ou então atente para qualquer outro meio de comunicação e verá que quase todo dia, haverá alguma referência ao uso de drogas, particularmente envolvendo os jovens.
A popularidade do uso de drogas, ocorre por causa da publicidade em torno de indivíduos, que passaram a fazer uso, ou experimentaram das mesmas. A maconha (canabis sativa) é a mais comum, a cocaína, o claque (substância que é feita de escória da cocaína), a cola de sapateiro (muito usada pelos garotos de ruas), a heroína, o ópio e muitas outras, para as quais se tem dirigido inúmeras publicidade nestes últimos anos.
PARA FUGIR DAS DROGAS, TUDO É VÁLIDO?
À resposta a pergunta acima deverá ser naturalmente uma afirmativa, não poderá jamais ter alguma objeção ou contestação, pois devemos fazer de tudo para fugir e também para sair das drogas. Vale quaisquer sacrifícios.
Em todas as épocas da história houve pessoas que se tornaram viciadas, ou que experimentaram, porém nunca a população soube tanto a esse respeito como hoje em dia.
As drogas existem e fazem estragos em quem as usa, tornando um viciado delas. Os pais devem portanto, conhecer esse mal que vem atormentando o mundo. Devem vigiar seus filhos, com andam, com, quem estão fazendo uma nova amizade. Seria muito bom fazerem um curso de prevenção ao uso de drogas.
Existe duas drogas mais comuns e muito usada com permissão de todos, inclusive do governo que são o tabaco e a bebida alcóolica. Afirma-se que o uso moderado causa poucas complicações no organismo e talvez nenhuma. Entretanto. Depois que a pessoa está viciada em qualquer uma dessa duas drogas, porque é muito difícil fumar ou beber moderadamente, essas drogas vai tomando conta do físico da pessoas, destruindo-lhes aos poucos sua saúde. Muitas pessoas encontrariam dificuldades em ficar sem seu aperitivo antes das principais refeições. Muitas também sem o seu cigarro depois de um café ou de uma cerveja. A ciência moderna nos informa que pode haver dano físico em qualquer desses vícios.
As drogas mais fortes e que produzem realmente alterações mentais, reprimindo as fases superiores da consciência e as funções superiores do cérebro, são as mais perigosas. Seu uso como tem sido amplamente divulgado, tem levado sérios problemas para as pessoas que as tem utilizado. Algumas pessoas tem experimentado drogas, com a desculpa de que produzem um estado semelhante ao de uma experiência psíquica.
Quanto aos detalhes na relação do caso de uma experiência psíquica e o uso de drogas, devo objetar que a história faz a afirmação, que o uso de drogas pode contribuir para o desenvolvimento psíquico. Se fosse verdadeira esta afirmação, o próprio governo do país, faria com que o seu uso fosse difundido, fossem vendidas livremente e ainda aconselharia seu uso popular, na juventude principalmente.
Quanto mais uma pessoa avança no caminho do vício, mais baixos se tornam seus padrões, no que diz respeito à moral e à ética. A pessoa se torna tão preocupada em conseguir a droga, que não presta mais atenção no trabalho, na família, nos estudos, vai tudo por água abaixo. A família, a escola, o trabalho, os amigos e colegas, a religião, os valores morais não terão significados. O crime fica sendo um dos caminhos das drogas. Quem usa drogas abre caminho da delinqüência, da prostituição, do contrabando. Enfim em cada viciado há uma contribuição para os traficantes, pois que, os usuários são quem sustenta o tráfico.
Atenção senhores pais de toda nação, vigiem seus filhos atentamente, educando-os bem no caminho da paz, do amor, da compreensão, da moral, livres de vícios, para que se tenha um mundo melhor. Lutem, trabalhem para fazer uma humanidade feliz. TUDO É VIÁVEL, TUDO É VÁLIDO, PARA FUGIR E PARA SAIR DAS DROGAS!!!


tancredo
Enviado por tancredo em 29/10/2005
Código do texto: T65004
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tancredo
Valença - Rio de Janeiro - Brasil, 76 anos
118 textos (65386 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:20)
tancredo