Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAMINHANDO COM TRÊS HOMENS (PARTE 2)


CAMINHANDO COM TRÊS HOMENS
(PARTE 2) NA ESTRADA COM MOISÉS

Moisés é o grande libertador dos hebreus. Homem que foi tirado das águas do rio e levado para o palácio de Faraó, foi adotado pela filha do monarca no país das pirâmides. Ele conduziu o povo hebreu das senzalas até ao Mar Vermelho, o qual se abriu e o povo passou em seco, o povo caminhou no meio do mar, naquela grande estrada, cedida pelas águas. Além de libertador da escravidão egípcia, Moisés foi o grande legislador do seu povo. Foi ele que recebeu as Leis de Deus; foi ele que as comunicou e as ensinou ao povo. Por isso quem caminha com Moisés é oprimido pelo mandamento. O Deus eterno exige o cumprimento da Lei, da sua Lei, mas (nós) os humanos têm consigo Adão, leva o germe do pecado, tem o cromossomo da desobediência e aqui Moisés se revela com as suas exigências. Moisés traz o mandamento exigindo dos filhos, da descendência de Adão a santidade, que é contrária a sua natureza, Moisés diz para o povo ser santo como o Criador, e esse negócio de “ser santo como eu sou santo, diz o Senhor”, é muito difícil, é impossível.

O que se faz diante da vontade de ser santo e da impossibilidade? Moisés revela ao homem a sua crise, a crise da impotência, da impossibilidade, apesar da boa vontade. Paulo escreve: “Porque até ao regime da lei havia pecado no mundo, mas o pecado não é levado em conta quando não há lei” (Rm 5:13). A Lei do Deus Santo revela ao homem suas infrações, seus erros. A função de qualquer código de lei é fixar, fazer o erro notório, visível, sinalizar a infração. Por isso O apóstolo diz que até o regime da lei, havia pecado, mas não eram notados, as pessoas não tinham consciência da gravidade da desobediência. Os irmãos da congregação da cidade imperial ficaram sabendo que “Sobreveio à lei para que avultasse (avolumasse) a ofensa (a desobediência)” (Rm 5.20).

Os brasileiros sabem muito bem o que é isso, tem lei para quase tudo no (nosso) país, mas tem muitas leis que não são conhecidas, por isso não é temida e nem existe uma tentativa de cumpri-las. Deus fez a Sua vontade ser conhecida, ensinou a não cobiçar as coisas dos outros, nem mulher, nem bens... Nada; ensinou a honrar os pais, a amar o próximo, a amá-Lo e não confeccionar imagens representativas D’ele, a não adorar a outros deuses... Mas isso é deveras difícil e aqui e ali sempre tropeçamos, às vezes não adoramos imagens e nem as reverenciamos, mas inclinamos para a idolatria dos bens, do dinheiro, do egoísmo... O certo é que Moisés com a Lei sempre nos faz conhecedor da nossa dor, do nosso pecado.
Como o médico que diagnostica a doença mas não tem em mãos o remédio, ou o procedimento que cura, assim é todo o legalista. Seja ele religioso ou não. Faz dez anos que estive com a minha mãe com um oncologista no hospital Santa Rita, em Vitória, capital do Espírito Santo. Após vários exames o médico me chamou e disse: “Sua mãe está com um metastase, não tem cura, a cirurgia é perda de tempo. Resta-nos envia-la de volta para casa, e aplicar morfina”. Que notícia trágica e dolorida que recebi, juntamente com os meus irmãos e pai! (obs: Minha mãe está viva! Jesus a curou!!!! Aleluia). Assim é a Lei, revela a enfermidade (pecado), mas não sabe como resolve-lo, a lei não tem as ferramentas para resolver o problema, apenas diagnostica. Quem se apega as obras, fazer o bem para conseguir o favor, a salvação, a justificação dos pecados, não conseguirá; por não conseguir, passa a viver deprimido, com uma auto-culpa altíssima. Precisa-se entender que a lei é boa e justa, porque passa-se a perceber que peco, quando me aproximo dos mandamentos, mas que eles nãos resolverão o problema do pecado, eles julgão e condena. Quem anda apoiado nos mandamentos somente, anda em pecado, julgado e sentenciado.

Você caminha com Moisés? Ele sozinho não é suficiente para trazer felicidade e paz ao coração.  “O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei”. (1 Cor 15:56).
 Que o Eterno nos ajude.
IDERP - IGREJA DE DEUS REAVIVAMENTO PENTECOSTAL “OS AMIGOS QUE SE IMPORTAM”. Cultos: Domingos às 18:30H e às Quartas-feiras 19:30H. Av. Vasco F Coutinho 1152, Próximo à Praça do Interlagos I - Linhares-ES -  AJUDA ESPIRITUAL, agende horário, fone: 3371-8663.
CIRLON PEREIRA
Enviado por CIRLON PEREIRA em 16/09/2007
Código do texto: T654381

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CIRLON PEREIRA
Ilhéus - Bahia - Brasil, 45 anos
208 textos (27168 leituras)
12 áudios (367 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 20:16)
CIRLON PEREIRA