Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOCÊ SABE O QUE É UM INDRISO?

Indrisos

Como todos sabem, um soneto é composto de duas estrofes de quatro linhas e duas de três linhas. Entretanto, as possibilidades construtivas que ele oferece não terminam nele mesmo, portanto dele se originou o Indriso, que nada mais é do que um poema que é composto de dois tercetos e duas estrofes de verso único. Os quartetos do soneto passam a ser tercetos no indriso e os tercetos passam a ser estrofes de verso único no segundo. Exemplo gráfico:

Xxxxxxxxxxx
Xxxxxxxxxxx
Xxxxxxxxxxx

Xxxxxxxxxxx
Xxxxxxxxxxx
Xxxxxxxxxxx

Xxxxxxxxxxx

Xxxxxxxxxxx

O primeiro foi desenvolvido em 2001, em Madrid, por Isidro Iturat, espanhol, nascido em Villanueva e la Geltrú, em 1973. Além de escritor, ele também é professor de literatura espanhola. Reside em São Paulo, Brasil, desde o ano de 2005. Estamos então, diante de um padrão novo, dotado de uma musicalidade característica. Ao longo do processo de desenvolvimento dos indrisos, Isidro pediu a opinião de diversos experts literários, que deram diversas opiniões. Vocês podem conhecê-las visitando o site: http://www.indrisos.com
E atendendo ao convite de Isidro, o “Borboletando Poesia” participa também dessa empreitada.
Minha estréia no mundo dos indrisos:

<<Borboletar>>(*)
<primeiro indriso em língua portuguesa>

Borboletas coloridas, bailam em um vai e vem.
Soltas e leves, espalham energia.
Cada uma é única, peculiar.

Transformadas, mudadas,
metamorfoseadas, enfim.
Sem retorno, sem volta.

São a perfeita expressão da natureza.

São evoluídas; lagartas, nunca mais.


© Cláudia Banegas
Cláudia Banegas
Enviado por Cláudia Banegas em 16/09/2007
Código do texto: T654416

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cláudia Banegas). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Banegas
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 51 anos
248 textos (16236 leituras)
7 e-livros (635 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 14:54)
Cláudia Banegas