Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

''Aos trabalhadores da TCB''.

Mais uma vez os trabalhadores da TCB, são vítimas do descaso dos governantes, já não bastaram os oitos anos que a ex-secretária Cecília Landin e aquele senhor Manoel Neto que deu referencia a todos os seus chegados deixando os outros funcionários vendo navios. Na constituição federal diz: que todos são iguais perante a lei, esse cidadão usou a sua própria lei. A senhora ex-secretária sabia de todas essas irregularidades e não fez nada nos desprezando deixando a categoria sem os devidos aumentos. Enquanto todos os outros funcionários tinham aumento salarial, apenas os funcionários da TCB iam ficando sem as devidas reposições. É claro que tivemos aumentos mais depois de tantas briga e tivemos o apoio do SINDSER, pois o sindicato dos rodoviários nos abandonou na rua da amargura. Ainda somos literalmente os menores salários do GDF, o nosso acordo já foi aprovado em assembléia três meses atrás e até agora nada de ver o tal aumento nos contracheque. Governador Arruda não foi isso que o amigo falou na sua campanha eleitoral, que o servidor ia ao menos ter voz no seu governo, estamos esperando, cumpra as suas promessa de campanha com o servidor. Todo governo emana do povo e em seu nome deve ser exercito, por isso que é dito e pregado nos quatro cantos mundo ''democracia''.

José Aprígio da Silva.
Feito: 05/10/07.








JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 05/10/2007
Código do texto: T682014

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 57 anos
1688 textos (152563 leituras)
1 áudios (33 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 17:47)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA