Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Relacionamento

  Conflitos e discussões são inevitáveis em um relacionamento. E não é necessário ter conhecimento de causa, ou até mesmo presenciar algum tipo de desentendimento entre cônjuges para ter certeza de que existem diferenças entre as pessoas. Até mesmo aqueles casais que são exemplo de respeito, carinho, atenção e amor aprendem dia a dia como agir, adaptando suas atitudes para a manutenção da relação.

  Para saber se um casal tem ‘futuro’, basta avaliar como lidam com determinadas situações. Há casos em que até mesmo desavenças passageiras são capazes de alterar a vida conjugal. Obviamente, ninguém em meio a uma acalorada discussão tende a ressaltar qualidades do outro, dizendo “você é uma pessoa com grandes qualidades, inteligente, sagaz, intrépida...”. Ao contrário, ainda que a pessoa tenha todas essas qualidades e virtudes, seriam afogadas no mar de palavras pejorativas. Por isso, é necessário ter cuidado sempre, calculando os resultados.

  Momentos conflituosos podem acabar em verdadeiros campeonatos para saber quem consegue ser mais hostil para com o outro. Incrível, mas é verdade. Muitas vezes, as discussões têm início por causa de uma bobagem e acabam mal, com agressões morais e físicas, difíceis de serem apagadas da memória.

  Dificuldades financeiras e conflitos familiares são os problemas mais recorrentes. Sem perceber, mesmo em momentos de intimidade, o teor da conversa esbarra em problemas difíceis de serem digeridos. É como se o casal adotasse um novo vocabulário, muito diferente das doces palavras pronunciadas à época de namoro. E, sem palavras de carinho e apoio, o abraço solidário e apaixonado fica cada vez mais fora do contexto. Homem e mulher encontram pouco espaço para se abrir um com o outro e reviver momentos agradáveis que vão se transformando cada vez mais em passado.

  Pouco a pouco, o distanciamento torna muitas situações insustentáveis, transformando um casal feliz em pessoas amargas e mal-sucedidas. As seqüelas de uma discussão mal administrada podem acarretar profundas feridas para a continuidade de um relacionamento sadio.

  O único ‘remédio’ para manter a saúde do relacionamento é conquistar o outro todos os dias. Olhar para a pessoa com quem se divide uma vida inteira e ainda encontrar motivos para cativá-la mais, mantendo o “fogo alto”.

  A sincera disposição para o diálogo amoroso pode ser o estímulo que faltava para salvar um relacionamento adoentado. Às vezes, é necessário ceder. Longe de ser uma demonstração de fraqueza, trata-se de um ato de grande bravura. Mais do que isso, é preciso declarar o seu amor, ainda que em meio à discussão. Se cada um der o melhor de si dentro do relacionamento, não haverá problema que não possa ser solucionado a dois.

  Relacionamentos amorosos têm discussões e desavenças. É utopia pensar o contrário. O que vale é saber que seu casamento não se concretizou apenas no dia da cerimônia, diante do sacerdote e das juras de amor e fidelidade proferidas diante dos presentes. Esses votos devem ser renovados a cada novo dia, tendo como bagagem a experiência de toda a convivência.
Tati Picon
Enviado por Tati Picon em 24/10/2007
Reeditado em 25/10/2007
Código do texto: T707591

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tati Picon
Londrina - Paraná - Brasil, 32 anos
32 textos (5744 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 11:21)
Tati Picon