Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

terminal

 como se eu tivesse ido ao médico e ele ter afirmado com todas as letras, sem rodeios e delongas, que minha vida terminaria em breve. Como se tivesse me dito que teria apenas mais seis meses pela frente, podendo prorrogá-los por no máximo sete.

Um turbilhão de sentimentos assolam-se no meu ser. É uma desânimo e uma euforia que caminham juntos. A linha é tênue entre eles e em questão de segundos troco o sentimento. É uma sensação de impotência.

Não adianta, não tenho escolha.

Não, não tem como burlar certas coisas, nem dar um jeitinho. Fala-se de sentimentos, de saúde, de planos, de vidas diferentes.

A gente sempre pensa que certas coisas nunca acontecerão conosco, só com os outros, nos livros, nas novelas. Pensamos que somos imunes e que tudo é muito distante, mas, num determinado momento de nossas vidas, percebemos que somos tão frágeis e desprotegidos como qualquer mocinha boba de um também qualquer folhetim barato.

É frustrante.
Ao mesmo tempo você pensa em desistir e se entregar de vez ao fadado destino predeterminado e também pensa em viver ao máximo, fazer tudo que pode nesse curto espaço de tempo. Passa a ser mais humano, permitir-se. Fazer tudo que sempre quis, mas a timidez ou a falta de grana impediam. Passa a achar banais e estúpidos assuntos que antes te tiravam do sério.

Você percebe a pouca importância que sua pessoa tinha pra quem você estimava em demasia e o quanto era querido e estimado por quem você desdenhava, não dava bola e até menosprezava. Sente-se uma tola! Injusta! Ingrata!


Quer voltar no tempo, mas não é possível, nem mesmo avançar, dadas as condições e limitações.

Quando você está prestes a morrer, é que aprende a viver.
Lee Bueno
Enviado por Lee Bueno em 25/10/2007
Código do texto: T709318

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (nome do autor e link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lee Bueno
Estados Unidos, 33 anos
11 textos (1332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 13:19)
Lee Bueno