Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Falando Sobre a Solidão (do latim silutudine)

             Falando Sobre a Solidão (do latim silitudîne)
                        Para as pessoas em geral
1) Eu no campo psicológico, e no relacionamento, nunca entro numa porta, sem que ela me seja aberta:
2) Nem forçarei a dita porta, se ela estiver fechada á chave! Poderei quanto muito, convidar o dono dessa porta, para a abrir voluntariamente!
3) Porque sendo assim, a intimidade de alguém, nunca será devassada e nunca deve ser vandalizada!
Mas sobre a solidão, pergunto eu: O que acha que seja a solidão?
       O dicionário diz que é isolamento estar só.
       Ora você, pode estar rodeada/o de gente e estar só; o que parece um contra senso! Porque atingiu um estado psicológico crítico e retrai-se,
Isto é; fecha-se no seu mundo, passando a não confiar no seu semelhante, ou confiar o indispensável, num sentimento de autodefesa, que pode atingir estados doentios. (é um sentimento psicológico)
       _____________________________________________
         Também, pode ser isolado pela sociedade que o rodeia, incluindo
Os próprios familiares (dá-se hoje com frequência os familiares abandonarem os progenitores, por estes lhe servirem de atrapalhação na sua vida de vaidade!)
         A sociedade que nos rodeia isola, ou afasta determinadas pessoas, por motivos vários, desde consumo de bebidas, drogas, falta de gosto pela vida, ou vida errante; mas neste caso são os próprios que se auto isolam tornando-se solitários por opção.
         Há pessoas, que para não se sentirem isoladas, (porque temem o isolamento) tornam-se “worckoolics,” e vai daí trabalham até quase á exaustão, tentando assim afastar os fantasmas da solidão, correndo dum lado para o outro, ao mesmo tempo ganhando mais, tentando sobressair mais nesta vida, pensando ser omnipresentes. Por vezes até não o fazem pelo dinheiro, mas pelo ocupar o tempo!
         Estas pessoas, encontram por vezes inimigos em toda a gente, torna-se desconfiadas, já por terem sido magoadas por alguém que adoravam, ou estimavam, ou por outros traumas, mesmo até por serem em parte seres de capacidade superior, querem que todos os que os rodeias sejam iguais, como assim não acontece, ficam magoados.
          Mas estas pessoas, têm que analisar profundamente  o seu ego, e fazer um exame interior e ver o que não está direito na sua vida, deitando fora o que não está bem, ainda que isso custe muito na sua sensibilidade. Terá que chegar à conclusão, que o maior inimigo do homem; é o próprio homem. Depois de fazer esse inventário interno, e deitar fora o que não presta, e que impede o seu bem estar e felicidade, porque há coisas mesquinhas em nós, mas que só vemos nos outros e nos embaraçam a felicidade! Há aquela parábola, do homem que via o argueiro, no olho do seu amigo e não via a trave no seu próprio olho, isto acontece muito hoje ainda
      Por favor, analise e se for preciso, arranque da estaca zero!
      Outro passo importante: Não pensem que são as pessoas mais importantes do planeta, o centro do universo, e que tudo mais, tem de girar à nossa volta. (puro engano)
      Ainda outro: Não pensemos e não nos mentalizemos, que nós somos os melhores e depois de nós não há nada, a não ser o caos, (que não temos defeitos, porque isso são coisas, que só os outros é que têm) não tente enganar-se, nem enganar os outros. Por favor; seja realista!
       Mais outro ainda; Nunca pense em vingança, (esta é má conselheira) e passar a nossa raiva, nosso ódio,  a nossa vingança, para cima de outro só porque estamos irados e frustrados, não dá nada, não leva a lado algum, a não ser a fins dolorosos!
 =================================================
     Temos que saber escutar, o que nos dizem as outras pessoas, ainda que sejam menos instruídas do que nós, (porque instrução não quer dizer educação) e cada um é perito na sua arte!
      Ouça mais fale menos, porque não sei se já reparou; que Deus fez o homem com dois ouvidos e apenas uma boca!
       Saiba escolher quem lhe quer bem e quem o acarinha, ainda que essa pessoa esteja nos antípodas! Não esqueça que, quem lhe quer bem não são as pessoas que o adulam e bajulam, mas aqueles que apontam seus defeitos, esses é que são seus verdadeiros amigos, porque nos apontam os defeitos e nos dizem as verdades, ainda que isso por vezes nos desagrade!
     ================================================
   Neste mundo, ainda pode encontrar muitos locais e muito boa gente, onde se é bem recebido, tratado com amabilidade, cortesia e amor verdadeiro (não amor sexo) mas o verdadeiro amor! Uma verdadeira família, não biológica, onde não é conhecida a solidão, mas são pessoas normais, com defeitos, mas que os sabem superar e ajudam os outros a supera-los!
   Se não souber; pergunte, examine e se não gostar não ponha defeitos, porque todos nós os temos!
====================================================
   Não guarde mais dentro de você; ódios nem rancores velhos, tentando antes sarar as feridas e os traumas, que ainda não cicatrizaram. Antes tente viver uma vida plena, com uma alegria sã, dando um pouco de si mesmo, sim! Não queira ser apenas receptor mas seja também emissor, Receba a luz, mas não a esconda debaixo da cama, antes a ponha num lugar bem alto (pode ser sua vida exemplar) para que todos vejam essa luz brilhar e não andarem em trevas!
====================================================
    Nas festas, onde se come e bebe, embriagando-se por vezes, cometendo toda a sorte de zangas, essas, não trazem felicidade, antes arruinam e ferem; mas antes as boas acções nos conduzem, a bom termo e ajudam-nos a espantar os fantasmas da solidão Para concluir; eu não sei fazer milagres, mas conheço alguém amigo, que os faz!
     A solidão, tanto ataca novos como velhos; mas a estes ataca mais, e até os que têm muito poder e riqueza, podem sofrer de solidão.
     Aprenda antes a conhecer e a rodear-se de quem lhe quer bem, sem interesse, para o poderem ajudar a afastar esse fantasma que até podem conduzir ao suicídio. E mais não digo J. Rodrigues
Galeano
Enviado por Galeano em 27/10/2007
Código do texto: T712485
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 81 anos
522 textos (103789 leituras)
14 áudios (2001 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 23:06)
Galeano