Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AINDA QUE CHORÁSSEMOS PELO LEITE DERRAMADO...

   

...Não haveria crise maior a abalar qualquer relação, do que essa "crise de confiança".
E ultimamente a nossa relação de cidadania com o Estado anda às avessas, é o que me parece.
Não bastassem os alimentos transgênicos, os agrotóxicos, a gasolina batizada, a água envasada e contaminada, enfim, a série infindável de gatos que “compramos como lebre” e que descem goela abaixo, agora mudaram “cientificamente” a química do leite.
Só faltava tal fato, concorrer ao prêmio Nobel da enganação!
Imagino que a explicação agora se deva ao fato de que estamos na época das “vacas magras”.
E vejam...não se tem notícias de mortes! O leite está envenenado, mas com fórmulas elegantes...que se não matam...então devem engordar,  acertei?
Sim, porque apesar do tudo que veio a tona, não se aflijam, pois o caos continua sob controle.
Mas diante do hediondo, o que devemos esperar daqui para frente dessa sociedade, sem a confiabilidade nas instituições?
Papai Noel existe?
A crise é muito séria, e vai além da confiança.
O que nos falta é a garantia do continuísmo dos agentes formadores e multiplicadores das instituições sólidas e compromissadas.
Parece que não há quem tenha conhecimentos técnicos para fazer a coisa andar.Está tudo emperrado...e o diabo faz a festa!
Hoje na imprensa televisiva, ouvi um profissional da saúde ser argüido sobre o caso do leite, e fiquei estupefata quando respondeu que não estava preocupado, pois consumia um leite tetra pak “elitizado”, que não consta na lista dos  “adulterados”.
Meu Deus, que ledo engano. Que nível de inconsciência e individualismo!
Nós todos enquanto sociedade somos um conjunto em cascata.Cai um dominó...todos desabamos juntos!
Quando um cidadão é lesado, lesa-se a cidadania como um todo, e todos perdem dramaticamente!
Se a sociedade peca na formação e na fiscalização dos seus serviços, não existe chance de alguém ficar ileso ao meio distorcido. É só atentarmos para a situação da violência: Alguém em sã  consciência acredita que, mesmo estando nos seus “fortes particulares” esteja a salvo do problema?”
Chegamos ao fundo do poço...mesmo!
Não perdoaram nem o  “leite da criancinhas...”
Atualmente tenho medo até dos sabonetes...
Falta-nos tudo! Vergonha, compromisso, seriedade, cobrança, fé, enfim...é desalentador quando não conseguimos mais acreditar.
E ainda que chorássemos pelo leite derramado, que nesse caso foi uma sorte,(o azar foi do meio ambiente como um todo), quem nos enxugaria as tais lágrimas?
Pelo andar da carruagem, há ainda muito leite por ser derramado, portanto... abasteçam-se com lágrimas! Mas não as de "crocodilos"!
E sosseguem, pois dois mil e quatorze está logo aí!
Enquanto o país é literalmente envenenado...a base de radicais livres, o leitinho puro dos belíssimos "Búfalos Suíços" com certeza está garantido para a nossa comitiva, nas taças de cristal a brindar a sede da próxima copa do mundo!
como prescindir da CPMF,  não é mesmo?
E como declarou o presidente da FIFA...MOSTRAREMOS AO MUNDO O QUANTO SOMOS CIVILIZADOS E ORGANIZADOS.
Afinal é bom mesmo que se garanta, senão o “café com leite”...ao menos o Circo.
Mas saibam...no grande espetáculo, os palhaços sempre somos nós...os de boa fé...
E que Deus salve as criancinhas...ou ao menos as mães de leite...

MAVI
Enviado por MAVI em 30/10/2007
Reeditado em 31/10/2007
Código do texto: T716433

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5421 textos (339026 leituras)
991 áudios (86924 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 22:45)
MAVI