Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Drogas, sexo e Rock and Roll (ainda!)

Duas matérias interessantes na agência Globo On-line de hoje, 16.



A primeira é com o roqueiro punk Iggy Pop (confiram a grafia na matéria). Nunca ouvi a música que ele toca, nem farei força pra isso, mas ele dá um depoimento interessante sobre drogas - ainda mais porque parte de alguém com bastante experiência no ramo: é tido como ex-viciado de A a Z. Não ponho a mão no fogo pelo que ele diz, porque pode ser apenas estratégia de vendas. Mas tomando o sujeito como sincero, vale a pena  conhecer essa reflexão que é quase uma anti-apologia. Em tempo: é verdade o que ele diz de Freud. Sobre Jesus, não consultei a Bíblia para saber se há referência à ingestão de qualquer substância.



http://oglobo.globo.com/online/cultura/189172190.asp


Iggy Pop:

- Acho que fui bem longe, muito obrigado, em parte porque, a partir de determinado momento eu fiquei careta. Com freqüência encontramos uma associação entre as drogas e certas rupturas do pensamento humano na filosofia, metafísica, religião e arte. Freud cheirava cocaína, Jesus quando vagou no deserto comeu a fruta de uma árvore misteriosa, ele estava doidão. Acho que o LSD e as drogas tanto abrem as portas da percepção quanto quebram barreiras de medos que são introjetados na gente quando muito novos e que nos impedem de seguir impulsos naturais. Mas, depois de um tempo, as drogas se tornam desagregadoras e a pessoa que podia caminhar mentalmente, se torna um aleijado artificial. O ideal seria tomar só um pouquinho (gargalhada) mas isso é muito raro.



A segunda matéria é sobre a feira erótica de Londres. Fico realmente espantado que se possa vender o que deveria ser invendável: prazer sexual. Nossa libido é nossa, não pode ser de nenhum escultor de falos e vaginas. A suposta imaginação erótica desses comerciantes é pífia perto de tudo o que podemos criar nós mesmos na intimidade de nossa vida - e de graça.

O que Londres está precisando é de PAZ, é de uma nova cultura política, de novos Beatles.



http://oglobo.globo.com/online/plantao/189180487.asp



“Pode-se encontrar de tudo, de móveis e roupas, a arte, jóias e pequenos presentes, mais direcionados ao NATAL (grifo meu). Também há exibições de vídeos e estandes especializados em turismo. Sempre, como dizem os organizadores, para "pessoas que estão de bem com sua sexualidade".



- Nossa idéia é dar uma levantada em Londres - brinca o principal organizador do evento, Savvas Christodoulou. - Erotica é exatamente o que Londres precisa agora - complementa.



Nelson Oliveira
Enviado por Nelson Oliveira em 16/11/2005
Código do texto: T72273
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson Oliveira
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 55 anos
345 textos (25576 leituras)
2 áudios (313 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:48)
Nelson Oliveira