Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Não sei se foi na parede de algum consultório médico ou num livro de Ciências, mas ainda me lembro da primeira vez que vi o desenho de um esqueleto humano. Estava ladeado por outro, feito apenas de músculos.

Embora já imaginasse que o corpo fosse sustentado pelos ossos revestido de carne e nervos, aquelas imagens me aclararam a visão de tal modo que nunca mais as esqueci.

Em contrapartida, as aulas de Português sempre me pareceram uma incógnita. O que fazer com as benditas classes gramaticais e com a análise sintática após o período das provas?

Muito aprendizes de idiomas se encontram em situação semelhante. Vivem repetindo exercícios, sem entender o real propósito do que estão fazendo. Desse modo, acabam entediados com as eternas aulas de gramática que precedem a almejada ‘conversação’.

Outros deparam-se com um professor que só está autorizado a falar inglês em sala de aula e desistem da empreitada, acreditando que ‘o Inglês é difícil mesmo’, ou que não ‘levam jeito pra coisa’.

Como me alegro ao ouvir, ao conversar com amigos que estão interessados no assunto: “Nossa, parece que o negócio é fácil mesmo!”

Não quero ofender sua inteligência dizendo que se possa aprender um idioma sem uma boa pitada de interesse e esforço, mas veja como as coisas vão se encaixando...

Ao participar de um treinamento para professores no qual a comida e o treinamento foram excelentes, percebi com clareza do que se compõe um idioma, e me tornei convicto de 2 coisas:

1. Qualquer pessoa pode aprender inglês.
2. Eu nunca vou engordar na vida.

Eis um resumo simplificado do que foi abordado no seminário:

Todo Idioma é Feito de 4 Sistemas e 4 Habilidades

Sistema - Conjunto de itens ou dispositivos que operam juntos.

1. Vocabulário – conjunto das palavras empregadas por uma pessoa.
2. Gramática – regras sobre a combinação correta dessas palavras.
3. Pronúncia – forma como as palavras são produzidas sonoramente.
4. Funções – conjunto de frases utilizadas com propósitos específicos.

Habilidade - Capacidade de desempenhar bem alguma atividade.

1. Audição – capacidade de compreender o que alguém está falando.
2. Fala – capacidade de se expressar produzindo palavras e frases.
3. Leitura – capacidade de compreender o que alguém escreveu.
4. Escrita – capacidade de organizar as letras para expressar idéias.

Vale ressaltar que duas dessas habilidades – audição e leitura – nós recebemos, enquanto as outras – fala e escrita – nós produzimos.

Seguindo a ordem natural da aprendizagem, basta enfatizar as atividades recebidas para que as produzidas acompanhem o fluxo – pois costumamos falar palavras que já ouvimos e escrever as que já lemos.

Tais conceitos poderão ajudá-lo a avaliar as habilidades que deseja enfatizar, sabendo que onde se dá ênfase obtêm-se mais resultados. No mais...

É deixar de vez o ‘listen and repeat’ naquele velho ‘book on the table’!
Charlles Nunes
Enviado por Charlles Nunes em 05/11/2007
Código do texto: T724615
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Charlles Nunes
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
99 textos (240882 leituras)
17 áudios (3465 audições)
5 e-livros (57997 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 02:32)
Charlles Nunes