Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Aprender Inglês... Por que não?
 
Já refletiu sobre a causa de sua resistência em aprender um novo idioma?
 
Tão logo reconheci a importância de aprender inglês, dei-me conta de que nutria verdadeira aversão a tudo o que vinha do exterior. Precisei fazer uma reflexão em busca da verdadeira raiz de tal sentimento.
           
Parte dela provinha de alguns colegas brasileiros, que insistiam em falar inglês apenas para se exibir. Mas creio que o principal motivo era a atitude de superioridade manifestada por alguns estrangeiros vivendo no Brasil. Felizmente, consegui resolver o problema a tempo.
           
Quer saber a receita?
 
Percebi que o convívio com estrangeiros trouxera-me inúmeros benefícios, e prometi a mim mesmo jamais usar a língua inglesa para denegrir a imagem de alguém.
 
Durante o processo de errar – refletir – corrigir, descobri também que aprender um novo idioma requer uma enorme disposição para se expor publicamente. No meu caso, esta foi a parte mais fácil.
 
Assim, consegui alinhar tanto o cérebro quanto o coração rumo ao mesmo objetivo, mas deu trabalho. O Pai da Física moderna conhecia este princípio, segundo uma de suas citações mais famosas:
 
“O gênio é composto de 1% de inspiração, e 99% de transpiração.”
 
- Albert Einstein
 
 
Pronto (a) para o divã? Vamos voltar ao passado, no túnel do tempo...
 
 
Cá Entre Nós...
 
 
“A experiência e a roupa alheia nunca nos servem de todo.”
Berilo Neves
 
Que tal um bate-papo franco consigo mesmo (a), em busca daqueles ‘traumas’ escondidos em relação à língua inglesa? Vou tentar ajudar, com algumas perguntas básicas. (Nem precisa responder em voz alta...)
 
 
Você já se sentiu frustrado ao tentar se expressar em língua estrangeira?
Foi exposto desnecessariamente durante o período escolar?
Não foi com a cara, ou com o ‘jeitão’ de algum professor?
Foi descartado (Argh!) de algum processo seletivo, por não ser tão ‘fluente’ quanto dizia em seu currículo?
Gastou rios de dinheiro e foi progredindo no curso de inglês, mas sempre sentindo-se para trás em relação aos colegas de classe?
Foi obrigado a estudar, sabendo que iria mesmo é herdar a mercearia do seu pai?
Se considera sem embasamento suficiente da língua portuguesa para aprender um novo idioma?
 
Seja lá qual for o problema, agora é a hora de buscar uma solução. E um excelente recurso nesta busca é o site ‘Made in Brazil’, do amigo Ricardo Schütz. Na minha opinião, o site brasileiro mais completo sobre o ensino e aprendizagem de idiomas. Quer conferir? www.sk.com.br
 
Fico te aguardando. Ainda temos muitas idéias para compartilhar...
 
 
Pontos a Ponderar
 
“Não se pode ensinar coisa alguma a alguém; pode-se apenas auxiliá-lo a descobrir por si mesmo.”
- Galileu Galilei
 
Antes de continuarmos, vamos dar uma rápida pincelada na Teoria das Inteligências Múltiplas, do psicólogo Howard Gardner. O objetivo é ampliar a compreensão sobre sua maneira particular de aprender.
 
Avalie de 1 a 10 cada uma das inteligências. Você provavelmente possui cada uma delas, em maior ou menor grau. Aqui estão:
 
01. Lingüística
Habilidade em se expressar criativamente por meio da linguagem oral ou escrita.
 
02. Lógico-Matemática
Domínio dos raciocínios lógico e dedutivo e compreensão de modelos matemáticos.
 
03. Espacial
Capacidade de formar um modelo mental preciso de uma situação espacial, utilizando esse modelo para se orientar.
 
04. Corporal-Cinestésica
Domínio dos movimentos do corpo, usando-o para expressar-se, assim como a agilidade de manipular objetos.
 
05. Interpessoal (ou Emocional)
Sensibilidade em se relacionar com os outros e compreender as emoções e expectativas alheias.
 
06. Intrapessoal
Habilidade de estar bem consigo mesmo e controlar os próprios sentimentos para alcançar objetivos pessoais.
 
07. Musical
Aptidão para se expressar por meio dos sons e organizá-los de maneira criativa.
 
E aí? Descobriu algo novo? Quais outros novos talentos você deseja desenvolver, enquanto aprende um novo idioma? Está rindo do quê? Estou falando sério.
 
Todos temos habilidades que nem sequer reconhecemos. Quer ver algumas?
 
O Dom de Ouvir
 
Consegue lembrar-se de alguém que o faça de forma ativa? Bons ouvintes nos dão a idéia de que realmente se importam. Não interrompem a todo instante o interlocutor, nem ficam completando suas frases.
 
O Dom de Apaziguar
 
Já percebeu que algumas crianças mal chegam e está garantida a confusão – ao passo que outras conseguem se dar bem em qualquer situação?
 
O Dom de Elevar
 
Existem pessoas que nos fazem sentir bem pela simples maneira como nos tratam. São como o tempero numa refeição. Sua presença é sempre notada. Sua ausência, muito mais.
 
O Dom de Entreter e Divertir
 
Lembra-se de algum humorista que tenha deixado saudades? Como medirmos o alívio que ele nos proporcionou no exercício de sua profissão?
 
E por aí vai...
 
Reconheça algumas de suas habilidades e descubra sua maneira pessoal de desenvolvê-las. É muito provável que você faça bem aquilo que lhe dê prazer – seja namorar, praticar um esporte, dançar.
 
Procure transferir esta maneira particular de aprender para a aprendizagem de idiomas.
 
 
“Todo homem me supera em alguma coisa e, neste particular, sempre aprendo com ele.” - Isaac Newton
 
 
*Este texto é parte integrante do livro ‘O Pulo do Gato – Aquela Força no Seu Inglês’, que pode ser adquirido na seção Livros à Venda.
 
Artigos relacionados:
 
Em Matéria de Idiomas, Qual é o Tamanho do Seu Sonho?
Sabe o ‘Caminho das Pedras’ para Aprender Inglês?
A Importância da Leitura na Aquisição de um Novo Idioma
Qual é o Seu ‘Tendão de Aquiles’ para Falar Inglês?
Aprender Inglês é Um Esporte de Contato
Para Escrever em Inglês ou se Coçar, é Preciso Começar      
Tradução de Textos: Faça Deste Limão Uma Limonada
Quem Tem Ouvidos e Um MP3, Ouça em Inglês!
Aprenda Inglês entre Amigos
Língua Estrangeira: Quem Ensina, Aprende Mais
Em Terra de Cego, Quem Traduz Uma Palestra... Errei!
Quer Aprender Inglês? Alguém Lá em Cima Torce Por Você!
Charlles Nunes
Enviado por Charlles Nunes em 13/11/2007
Código do texto: T735451
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Charlles Nunes
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
99 textos (240990 leituras)
17 áudios (3465 audições)
5 e-livros (57997 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 10:16)
Charlles Nunes