Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Brasil... tem futuro?

Tendências atuais na economia brasileira apontam para um país mais promissor nos próximos 3 anos. Vários fatores como maior solidez institucional, maior responsabilidade fiscal, renovação política, mais rigor na fiscalização eleitoral, melhor gestão de recursos e aumento da renda média confirmam esta inclinação. A imprensa livre e a solidez democrática são também quesitos que colocam o Brasil em linha de frente para o desenvolvimento.
Mas ainda temos desafios a vencer como a diminuição da violência, melhor qualidade no ensino e serviços públicos, melhor distribuição de renda e menos corrupção política.
Outro ponto que também preocupa como freio da economia é a possibilidade de um apagão. Será que o país está preparado para um crescimento sustentável? Certamente que maior atenção deverá ser dada à infra-estrutura, como abertura de portos, aeroportos, estrada e o investimento em energia. Além de planos para redução de custos no governo pois crescer gera dores.
Precisamos também levar em conta que é preciso diminuir a burocracia, que atravanca a economia e investir em qualificação de mão-de-obra, temos vagas mas não temos profissionais para preenchê-las, não existe estoque de pessoas qualificadas. As profissões precisam ser remodeladas, currículos das universidades atualizados, devido às novas mídias. O Marketing tem que ser visto como função estratégica, empresas devem investir mais em inovação e planejamento de mercado. Evitando assim que falte matéria prima, o que demanda em importação, caindo no desabastecimento e possível inflação. Há então que se gerir a taxa de juros para conter a inflação.
Apesar de ser um país continental, com estoque de energias verdes, grande potencial hídrico, sol e potência agrícola, estes recursos precisam de melhor planejamento e gestão pública para geri-los.
Voltando-se para o lado do contribuinte, ele se vê com uma pesada carga tributária que não lhe garante escolas, estradas e saúde, tendo que pagar duas vezes por estes serviços. É preciso que se modifique a ideologia paternalista do governo, instalar a meritocracia no setor público corroborando para maior qualidade. Hoje, ações governamentais esperam diminuir o déficit da previdência com criação de empregos formais e a extensão do tempo de serviço. O cidadão no entanto está exigindo mais eficiência do governo. Prova disso é o código do consumidor que lhe garante os direitos. E a classe D está subindo para a classe C.
No cenário externo vemos que o mundo precisa do Brasil para alimentar o planeta. Várias previsões apontam país como celeiro do mundo. Com o superávit estamos caminhando para uma moeda forte, o que aumenta a nossa auto-estima.
As empresas estão acompanhando uma mudança na economia brasileira influenciada pela tecnologia e novos "Brasis" sociais. O fortalecimento de mercado de capitais faz os empreendedores analisarem tudo que têm e não somente o patrimônio físico, se adaptando a novos problemas.
Sam
Enviado por Sam em 06/12/2007
Reeditado em 06/12/2007
Código do texto: T767370
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sam
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil
235 textos (21568 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 17:34)