Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

''Do mau ao bom exemplo''.

Alguém por favor, me diga o quê está acontecendo? Em Abaetetuba no Pará, primeiro foi o delegado na comissão dos direitos humanos do senado o senhor Raimundo Benassuly, vindo com uma declaração pra lá de estapafúrdia: ''Não sou médico legista nem tenho formação na área, mas acredito que essa moça tem com certeza alguma debilidade mental, porque em nenhum momento ela manifestou a sua menoridade''. Agora vem essa delegada corregedora Liane Martins tentando minimizar a culpa dos policiais no caso jogando a culpa e toda a responsabilidade para a vitima de 15 anos trancafiada numa cela junto com homem e ainda sendo vítima de abusos sexual. Olha o absurdo da declaração feita ao jornal Folha de S. Paulo: ''Que a menor provocava sexualmente os presos''. O Estado usa do seu aparato policial e essa senhora agora quer tapar o sol com a peneira, os policiais desse caso, têm que ser punidos justamente com a delegada, a juíza, o diretor de policia civil do estado, a delegada corregedora perder só os cargos não é suficiente. Se por ventura ainda vier mais alguém do Estado tentando desqualificar a vítima tem que ser punidos exemplarmente. Acredito que todos viram santos da noite pro dia, acho que eu estou ficando doido, maluco e abestalhado ou são eles??? Já estou achando o quê errado está pra lá de certo e o quê está certo está pra lá de errado. Será que esse caso vai cair mais uma vez no esquecimento como tantos outros no Brasil??? Uma pergunta que o tempo vai responder, mais pelo andar da carruagem vai se transformar tudo em pizzas como tudo no Brasil, veja o caso Renan Calheiros, que pizza heim!!! Meu caro. Quem realmente paga é aquele ladrão de galinha e aquele que rouba pra matar a fome do filho, não estou aqui dizendo que é justo roubar ou não roubar, o certo não é roubar temos que ser éticos sempre. Algo que está longe de acontecer com os nossos políticos e autoridades deste país, não está aqui generalizando; existem bons políticos e boas autoridades que realmente trabalham e fazem jus ao seu salário no fim do mês pago pelo contribuinte em forma de impostos e mais impostos. Olhem o grande exemplo de um juiz federal Dr. Odilon de Oliveira de 56 anos da cidade de Ponta Porã, cidade de Mato Grosso do Sul fronteira com o Paraguai, dorme literalmente no chão em seu gabinete, sob a vigilância sete Agentes Federais fortemente armados. O juiz condenou 114 traficantes e as penas somadas chegam a 920 anos de cadeia. Os traficantes brasileiros que agem no Paraguai se dispõem a pagar US$ 300 mil para vê-lo morto. Ele ainda brinca dizendo que está valorizado. A sua família morra no quartel do Exército. Esse é o exemplo que teve ser seguido às autoridades do Estado do Pará e demais homens públicos deste país. Valeu e está valendo Dr. Odilon de Oliveira que seu exemplo seja realmente seguido pelo país a fora.

José Aprígio da Silva.
Feito: 07/12/07.
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 07/12/2007
Reeditado em 08/12/2007
Código do texto: T768288

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 57 anos
1688 textos (152561 leituras)
1 áudios (33 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 15:49)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA