Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENURESE

Faço questão de começar a falar de Enurese, com a poesia que escrevi para comentar a minha experiência com esse problema que tanto martiriza pais, por não saberem lidar com os problemas e mais ainda os "os fazedores- de- xixi -na-cama...
 A todas as criancinhas e pré adultos
que,
_Por medo do escuro,do bicho-papão,das sombras e dos fantasmas...
_Por não terem agasalho suficiente e sentirem frio
_Nas suas caminhas ou papelões
__Por partilharem do leito de outras pessoas, a despertar muito cedo para o erotismo
_por horror aos terrores da guerra apavorante,
_por ciúme dos irmãozinhos que, segundo acreditam,
 vêm lhes roubar o trono, o colo, o amor maternal...
_por terem perdido, para a Senhora Morte,
seu papai, sua mamãe,vovô, vovó ou babá querida...
_por estarem ausentes desses entes bem amados...
_Por terem sofrido alguma cirurgia traumática que lhes torne dolorosa a micção...
_por confundirem emissão de urina com ejaculação...
_por quererem se diluir em urina, num suicídio figurado,
ou desmancharem seus fantasmas e temores outros...
_por gritarem por amor,mudas e molhadas,nas noites
longas e solitárias...
_po rterem sido estupradas ou usadas  de maneira vil....
_por se sentirem culpadas,sem saber que a culpa
é uma veste pesada  e que é preciso desvestí-la...
_por agredirem aos adultos com armas ureterais...
_por necessitarem implorar a atenção ao enxarcar seus colchões...
_por se sentirem débeis para agredir  e reverterem em urina sua agrEssão....
_por protestarem pelas brigas, pela separação de seus pais,
_por regredirem a estágios menos exigentes de auto-controle....
_por serem portadoras de males congênitos ou adquiridos,
 como spina- bífida,lesões cerebrais,quedas de vários tipos,
entre tantos outros,
a vocês todos, crianças manchadas de urina,
 que precisam” chorar pela bexiga”,
minha solidariedade e entendimento...
Que vocês possam secar essas lágrimas de urina
 e dormir um sono tranqüilo
,sem nenhuma das causas que lhes possa atormentar a alma infantil
 e que a gente grande, em vez de castigá-las, humilhá-las,
 rechaçá-las,ridicularizá-las,
possa amá-las mais por entendê-las melhor...
                  N:Arrumando velhos guardados(sou mesmo”Maria-Papelada”!),encontrei esse escrito,o qual  foi o prólogo de um trabalho que minha querida amiga Maria Regina Soares Silva(*) e eu fizemos em dupla, sobre Enurese infantil, quando cursávamos Psicologia no CES(Centro de Ensino Superior,emJuiz de Fora,Minas Gerais).Escrevi essa dedicatória em junho de 1977, ao concluirmos nosso trabalho..Entrevistando mães e crianças, contamos com a ajuda da Selma, hoje médica, irmã da Regina, que nos emprestava livros para pesquisa e do emérito pediatra Waldo Vergara Rojas,boliviano naturalizado brasileiro, então chefe do Plano Especial de Pediatria, sempre colaborador incansável e um grande entendedor de criancinhas, mais tarde, pediatra de meu filho Cleanton Alessandro e com quem trabalhei no ex-INAMPS.Depois, já formada, acompanhei várias situ/ações de enurese...
                       Noutro dia, agora em 2004, ao ver crianças-bomba, horrores dessa guerra absurda no Iraque,fiquei a perguntar-me quantas crianças, púberes e adolescentes passaram lá a sofrer dessa disfunção...Muitos adultos também, provavelmente..
(8) Na última vez em que estive com a Rê, ela era Diretora da APAE de Manhuaçu, cidade mineira onde minha equipe interdisciplinar ,do Hospital Júlia Kubtischeck(BH, MG), esteve para falarmos, com palestras e oficinas, da sexualidaDE das pessoas com necessidades especiais.Reunimos pais, educadores e foi muito interessante,assunto que abordarei em breve.
AH, se alguém sabe por anda essa psicóloga minha parceira de trabalhos e amizade,por favor, comunique-se comigo.Sua família é de Visconde do Rio Branco,cidade mineira onde eu assinava, na “Voz de Rio Branco”, a convite de seu diretor, o poeta GelsoBertelli, a página “A Voz da Mulher”...Mas isso é outra história desse meu  empório de tudo e de todos,uma lembrança vai levando a uma relembrança, a outra acontecência...Como disse o grande Pablo Neruda,”CONFESSO QUE VIVI”......
 
                 Você conhece alguma história de” fazedores- de- xixi-na-cama”(motivos, atitudes dos adultos, sentimentos...)?Você alguma vez urinou na cama?E seus irmãos ou amigos?Se quiser, escreva para meu e-mail:
clevaneplopes@yahoo.com.br
26/04/2004



 
clevane pessoa de araújo lopes
Enviado por clevane pessoa de araújo lopes em 26/03/2005
Código do texto: T8101

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autor e o link para o site "www.sitedoautor.net(Clevane pessoa de araújo lopes;(www.clevanepessoa.net/blog.php)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
clevane pessoa de araújo lopes
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 69 anos
554 textos (176254 leituras)
21 e-livros (13418 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 14:04)
clevane pessoa de araújo lopes