Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coluna eu e a vida-A relegião e a fé

Hoje decidi escrever sobre um tema polémico e sempre de discussão.

Os caminhos da relegião e da fé andam abalados e na minha opinião em estado de reflexão sobre no que verdadeiramente acreditamos.

A própria questão da morte do messias Jesus Cristo na cruz em que deu a vida pela humanidade e depois a falsificação que a igreja que sucedeu após a morte do Messias.

Mas o pior de tudo nestas relegiões dominantes é a má utilização dos evangelhos e dos profetas e messias das diferentes relegiões.

Chegamos ao ponto de em vez de a igreja criticar os modelos economicos esses sim contra a vida, sucumbem-se nas chamadas criticas fáceis criticando o aborto ou a eutanasia e as guerras, a fome não serão assuntos mais importantes que a liberdade de opção isso sim o verdadeiro amor e a vida.

Que fé hoje existe num mundo em que até as igrejas preferem discutir os assuntos mediaticos a discutir a fundo o próprio mundo cada vez mais pobre e mais mergulhado numa das piores crises sociais da história da humanidade.

Perguntam e fazem em nome de Deus, os mesmos que guerras e mortes levaram para que a fé desse mesmo deus fosse reinante e única.

E o amor pelo próximo onde para? serão vãns palavras escritas no consciente de quem lê a biblia a torah ou o al corão.

Estamos num momento da história de muitas decisões em que a própria fé é questionada e discutida e em que até na literatura passou a ser tema dominante.

As relegiões como represantes da fé dos povos que nelas acreditam deveriam ter um factor de discussão mais abrangente e ser na tolerância e principalmente na liberdade de escolha o vector fundamental da que chamo fé moderna que no fundo sempre foi a verdadeira fé contra as injustiças sociais que no tempo de Jesus Cristo era a escravatura.

Espero que a reflexão chegue e talvez os aspectos sociais voltem a ser os factores principais da igreja e que neles o sangue de cristo que na cruz sofreu em nosso nome seja finalmente absorvido por aqueles que se dizem representantes de Cristo.

FM
Francisco Marques
Enviado por Francisco Marques em 29/03/2005
Código do texto: T8448
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Marques
Portugal, 41 anos
712 textos (24734 leituras)
2 áudios (259 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/16 17:38)
Francisco Marques