Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Queremos o "Cacareco"

Pagamentos extras aos parasitas do Planalto.

   A sujeira corre solta pelos corredores (esgotos) das suntuosas construções das Câmaras federais. As denúncias sobre compra de votos, mutretas em contratos, licitações ilícitas, mensalões e outras improbidades de mesmo quilate se atropelam em polpudos processos que são colocados em estado de pré-aquecimento para a grande pizza (mais uma) nacional. Ao invés de promoverem uma limpeza exemplar para tentar recuperar a arranhada credibilidade junto aos eleitores, os integrantes da “casa” (da mãe Joana) agem para que o processo se arraste para o ano seguinte e ainda arquitetam uma “convocação” extra para que arrecadem mais “algum” (já não chega o que entra “por fora”?) pelo “extenuante” trabalho! É uma vergonha sem qualificação, pois 513 elementos receberão para que uns 80 fiquem folheando gordos relatórios em busca de evidências para enquadrar os malfeitores das canetas.

   Em março de 2003, levantei os gastos (por baixo) do Congresso, sem englobar a estrutura (energia, telefone, porteiros, segurança, limpeza). Apenas os gastos com os “legisla” “dores” do povo. Na época, o valor chegava a MEIO bilhão por ano, para atender a uma turma que trabalha (?) 250 horas POR ANO, enquanto o trabalhador médio, que ganha R$ 500,00 por mês (quando consegue emprego), trabalha quase 900 horas no mesmo período.

   Trazendo os valores para os dias atuais, esta turma de parasitas que perdoam o mandato de “mensaleiros” através do COVARDE voto secreto, nos custa em torno de UM BI por ano para legislar apenas a favor de bancos, empreiteiras, grandes corporações estrangeiras e patrocinadores das campanhas eleitorais imorais.

   Quando o povo vai conseguir despertar da letargia que nos impede de efetuar uma faxina nas Câmaras públicas no sentido de melhorarmos nossa qualidade de vida? Quando vamos extirpar estes fungos que impedem que o jardim brasileiro floresça em sua total plenitude? A luta é árdua, pois o povo continua anestesiado por novelas inócuas e programas do padrão Big Bobo Brasil, onde quem elabora uma frase com mais de 5 palavras é chamado de “gênio” por Pedro Miado. A ABL que se cuide! Alguns parasitas da política já sentam nas cadeiras que outrora foram ocupados por patriotas do padrão de um Rui Barboza!

   Tendo em vista que a maioria dos veículos de comunicação é dominada justamente por estes que elaboram as leis repletas de falhas propositais para que eles possam escapulir depois dos golpes contra o patrimônio público, dificilmente teremos apoio deste segmento para combater este grupo de aproveitadores do suor e do sangue dos patriotas que realmente amam esta terra. Portanto, somente com o suporte de sites que se tornaram as trincheiras em defesa da cultura que clareia as mentes distraídas, poderemos dar ênfase à cruzada nacional para extirpar para sempre, as esfomeadas ratazanas que roem nossas esperanças de um futuro melhor para nossos herdeiros.

   Nas próximas eleições, se o povo adquirir um mínimo de consciência, pelo menos 80% dos atuais integrantes do Congresso deverão ser rejeitados pelos eleitores desrespeitados, pisoteados e irados. Infelizmente muitos representantes de boas intenções deverão ser arrastados junto com esta corja, por não terem registrado uma posição firme e estridente contra as canalhices praticadas à luz do dia no grande lago de lama sob a rampa do planalto. No final, prevalece o espírito corporativista que encobre estes “pequenos deslizes” e tolera malfeitores entre pessoas de bem. E não será nenhuma surpresa se no próximo pleito, uma enorme parcela demonstre sua insatisfação votando NULO, tendo em vista que as urnas eletrônicas (serão passíveis de manipulação como o painel do Senado?) não exibe o retrato do “Cacareco”, em quem depositamos maior confiança para dirigir nossos destinos.
Haroldo
Enviado por Haroldo em 17/12/2005
Código do texto: T86931
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Haroldo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 71 anos
678 textos (24808 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:30)
Haroldo