Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Álcool, a droga mais difícil de se tratar

Quero falar um pouco do álcool, para procurar expor porque o vejo com uma das drogas mais complicadas de se trabalhar o tratamento.

Primeiramente, é importante dizer que a grande maioria conhecem esta droga ainda na fase da adolescência e até mesmo na infância. Poderíamos, dizer que noventa por cento dos jovens consomem ou já consumiram álcool. Deste numero uma parcela entre 20 e 30 % poderão adquirir a dependência química.

Onde está o fator agravante desta droga? Vou colocar segundo meu entendimento a partir de experiência com dependentes de álcool em tratamento: Sabemos que o ser humano tem sua personalidade quando nasce, que vai com o tempo adquirindo e definindo traços de personalidades. Aqui também podemos dizer que com o tempo vai construindo seu caráter. Esta construção está relacionado com o ambiente que vive, com a estrutura social, como o grupo social o qual está inserido, cultura, com a educação familiar, com o desenvolvimento espiritual. Enfim, muitos fatores serão fundamentais para esta formação de caráter. Sua relação com seu mundo interior e exterior também está relacionado com seu psíquico, isto é, com o desenvolvimento de suas funções psíquicas. Todo este conjunto constrói o homem no seu psíquico é assim que ele relacionará consigo e com o mundo.

O que ocorre na verdade quando alguém inicia no álcool em idade precoce e que são pessoas predisposta, todos estes fatores acima citados passam a ser construídos sobre o efeito desta droga ( álcool ). Desta forma ocorre uma formação emocional, psíquica disfuncional que se estenderá pela vida a fora.

Um indivíduo dependente de álcool que ao longo da vida, durante 20, 30 ou mais anos consumiu o álcool, esta droga, faz parte de seu Ser, e sem ela o alcoólatra não vive, isto é, sua mente está condicionada ao álcool. É como um carro que foi construído para o combustível gasolina, ele somente funcionará com gasolina. Para andar com outro combustível terá que fazer modificações no motor.

O que ocorre com freqüência é, varias pessoas buscam tratamento para o álcool mas não conseguem lidar com seus sentimentos, não conseguem adaptar há uma nova vida, porque de certa forma está com seu caráter, sua estrutura de personalidade comprometida pelo álcool, e para que ocorra uma nova adaptação leva anos e anos e exige muito da pessoa para manter a sobriedade.

Algo fundamental que é necessário para um alcoólatra que deseja manter a sobriedade e deseje uma qualidade de vida, é trabalhar no seu todo, não apenas na questão estritamente da dependência, porque se assim não fizer pode até não fazer uso de bebidas alcóolicas, mas certamente viverá numa eterna ressaca seca, pessoas de difícil conivência tanto com si próprio, quanto outros suportarem conviver com ela.

O que ocorre com o álcool transcrito acima é completamente diferente do que ocorre com dependentes químicos de outras drogas ilícitas. Existe toda uma cultura diferenciada, não se inicia tão precocemente, não há um uso com a mesma freqüência, a um medo devido a sua potencialidade. Os efeitos tanto biológico, neurológico, psíquico e social da dependência destas drogas é imediato, isto não permite uma impregnação no caráter do dependente. Tudo isto colabora para que seu tratamento seja mais fácil em relação ao álcool.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 17/12/2005
Código do texto: T86944
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
5265 textos (1218811 leituras)
5 e-livros (11751 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:32)
Ataíde Lemos

Site do Escritor