Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Melhor que reclamar ...

Anos atrás, grande amigo sofreu grave acidente automobilístico, sérias conseqüências, vários dias em coma.
Sua recuperação foi difícil, teve a perna amputada  e  2 anos na cadeira de rodas, no entanto,  a família e os amigos se mobilizaram para o auxílio necessário.

Quando o encontrei pela última vez não pude conter a admiração, meu amigo estava andando com o auxílio de uma prótese.

Perguntei-lhe:
Como tem passado Ronaldo?

Sua resposta foi notável:
- Muito bem, aliás depois do acidente melhorei muito, descobri que sou um milionário, todo esse acontecimento serviu para me mostrar o quanto sou amado pela família e pelos amigos, não valorizava nada, hoje dou valor a tudo que me cerca,  inúmeras pessoas dariam tudo para ter um pouco do que tenho, não posso reclamar de nada, preciso é agradecer!

Muitos em uma situação como essa se entregariam a lamúria, julgando-se vítima das circunstâncias, passariam a existência inteira queixando-se da providência divina.

Estes são os mal humorados por natureza, se negam a ver o lado positivo da vida, preferem sempre o azedume  da queixa, reclamam do tempo, da profissão, da família dos amigos e de tudo o que os rodeia.

Desligados do cotidiano, se esquecem de agradecer as maravilhas que o  Pai Celeste nos dá de graça, desprezam o Sol que esquenta e a Lua que embala as noites!
Desligados do cotidiano, se esquecem de agradecer tesouros como a família e os amigos, a saúde e o trabalho!

Ronaldo preferiu agradecer,  e enxergar  a maior riqueza do mundo,  que é o amor dos companheiros de jornada!

E nós, estamos agradecendo?
Ou esquecidos de toda essa riqueza nos entregamos a reclamação desenfreada.

Ninguém edifica uma vida positiva e feliz trazendo consigo a queixa!

Por isso mesmo, aplaudo meu amigo Ronaldo que me disse:

Melhor do que reclamar é agradecer !!!


Wellington Balbo
Enviado por Wellington Balbo em 02/01/2006
Código do texto: T93297
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wellington Balbo
Bauru - São Paulo - Brasil, 41 anos
364 textos (104042 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:30)
Wellington Balbo