Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEGREDOS DA FELICIDADE- 4. Namoro

09/2003



Namoro, apesar de bom, é muito chato. Geralmente, a pessoa que queremos não nos quer, ou quem nos quer nós não queremos. É muito difícil que ambos se interessem mutuamente, e quando isso acontece, se não for algo muito especial, logo perde o encanto. Descobrimos rapidamente um defeito muito chato, muito incômodo, ou mesmo a pessoa torna-se chata e incômoda, em bem pouco tempo. Os meus namoros não foram diferentes dos que eu ouvi falar ou vi acontecer, mas geralmente trata-se de uma experiência ruim. A gente se ilude, se apaixona perdidamente, e lá vem (ou vai) o pé. Então, quando eu fui pedida em casamento logo no começo do namoro com meu primeiro marido, aceitei. Acho que relacionamentos têm uma certa “magia”, como eu costumo chamar, que não deve ser quebrada, pois quando isso acontece, adeus. Como ambos queríamos ficar juntos, começamos a namorar em julho e casamo-nos em dezembro do mesmo ano. E não pense que foi isso que “prejudicou” o nosso casamento, pois com meu segundo marido foi mais rápido ainda, pois começamos o namoro em setembro e casamos em dezembro também, e temos um ótimo casamento. O bom de se casar logo é que aquela fase apaixonada é realmente aproveitada, ao invés de desgastada pelo tempo. E na verdade não existe fórmula que faça dar certo um relacionamento; é uma coisa que acontece “entre quatro paredes”, como se diz, e vai dando certo ou errado dependendo dos detalhes. Não existe um motivo apenas para o fim dele: é sempre a “gota d’água” que provoca o fim. Pelo menos é o que me diz minha experiência, até agora.
Edilene Barroso
Enviado por Edilene Barroso em 25/08/2006
Código do texto: T224666

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edilene Barroso
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
192 textos (21459 leituras)
12 áudios (4784 audições)
5 e-livros (337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:55)
Edilene Barroso