Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEGREDOS DA FELICIDADE- 15.Saúde




Outra mentira. Todos dizem que o que importa é ter saúde, que o resto a gente consegue, que tendo saúde, o resto se arruma, e todos esses ditados. Novamente descobri que é mentira.
Meu marido era agora, aos 29 anos de idade, um deficiente físico, pelo resto de sua vida, e eu, que havia me prejudicado muito, com todos os acontecimentos difíceis na minha vida, não podemos então ser considerados saudáveis. Tenho vários “probleminhas” que me aborrecem constantemente, bem como ele.
Mas devido ao acidente por ele sofrido, recebemos a indenização do seguro de vida que ele pagava, o que nos permitiu pagarmos nossas dívidas pendentes, adquiridas enquanto ele se restabelecia, e compramos enfim a nossa casinha, na mesma cidade em que meus pais moram, e que tem só 5.000 habitantes. É uma casinha pequena e simples, mas com um lindo terreno cheio (e prestes a encher-se mais ainda) de árvores frutíferas, tranqüila, em que estamos bem instalados. Estamos nela há 4 anos, e felizes.
Apesar da falta de corpo (meia-boca hehehe), beleza (não somos modelos),  trabalho (de férias sem previsão de retorno), estudo (meio difícil pra gente agora), filhos (os meus moram longe e vivem suas vidas), religião (não encontramos nenhuma que satisfaça nossos conceitos pessoais), dinheiro (temos muitos pendentes à receber, que fazem uma falta!).
Não que estejamos totalmente satisfeitos, pois temos nossos planos e projetos, que se Deus quiser realizaremos. O segredo da felicidade? Muitos disseram que felicidade não existe, “o que existe na vida são momentos felizes”. Mas acho que a melhor definição da felicidade encontrei lendo o livro “Shogun”, que me tornou uma apaixonada pela cultura japonesa:
“A infelicidade é um poço sem fundo, quanto mais nela entramos, mais nos deixamos cair... A felicidade está em se observar a beleza da vida... a beleza de uma flor, o canto de um pássaro, o barulho dos pingos da chuva no telhado...” não são essas as mesmas palavras, pois já li esse livro há muito tempo, mas foram assim que ficaram em minha memória, e as considero muito, muito reais. E também, é claro, o amor.
Aquele que nos é ensinado a vida toda, que foi reforçado pelos ensinamentos de todos os mestres da Humanidade, por todos os livros sagrados, um amor que é maior do que todos os ditados, que um a um foram sendo derrubados durante toda a minha vida, até agora.
E pra resumir, são apenas cinco as necessidades básicas de todo ser humano:
ser amado, ser aceito, ser elogiado, ser útil e ser livre... nada mais.



FIM?
Edilene Barroso
Enviado por Edilene Barroso em 01/09/2006
Código do texto: T229954

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edilene Barroso
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
192 textos (21460 leituras)
12 áudios (4784 audições)
5 e-livros (337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:57)
Edilene Barroso