Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MARTINS FONTES - O MÉDICO POETA.


José Martins Fontes, poeta brasileiro, nascido na cidade paulista de Santos, às  17 h 30 min. em 23 de junho de 1884. Como médico, notabilizou-se como conferencista e foi tisiologista da Santa Casa de Misericórdia de Santos e destacado humanista. A partir de 1924 tornou-se correspondente da Academia de Ciência de Lisboa. Morreu em Santos em 25 de junho de 1937 e está sepultado no Cemitério de Paquetá, desta cidade.Nesse cemitério estão sepultados, entre outros, o poeta do mar, o santista Vicente de Carvalho. Mais recentemente o ex- governador de S.Paulo, Mário Covas.

Escreveu: Verão(1901); Rosicler; Vulcão; Marabá; Escarlate; Prometeu; O céu Verde; Arlequinada; Partida para Cítera; Boêmia Galante; Laranjeira em Flor; O Colar Partido; A Fada Bom-bom; A Flauta Encantada; Sombra; Silêncio e Sonho; No Templo e Na Oficina; Sevilha; Granada; Torres de Fanasia; Paulistânia;  Guanabara;Nos Rosais das Estrelas; Fantástica; Sol das Almas; I Fioretti; Canções do meu Vergel; e outros.

COMO É BOM SER BOM.
Tu, que vês tudo pelo coração,
Que perdoas e esqueces facilmente,
E és, para todos, sempre complacente,
Bendito sejas, venturoso irmão.

Possuis a graça como inspiração
Amas, divides, dás, vives contente,
E a bondade que espalhas, não se sente,
Tão natural é a tua compaixão.

Como o pássaro tem maviosidade,
Tua voz, a cantar, no mesmo tom,
Alivia, consola e persuade.

E assim, tal qual a flor contém o dom.
De concentrar no aroma a suavidade,
Da mesma forma, tu nasceste bom.

NOTA: O soneto acima é considerado o seu verso mais famoso e,  antes de tudo um lema de vida que Martins Fontes sempre cultivou, como médico tisiologista da Santa Casa de Santos (a primeira do Brasil, fundada por Brás Cubas).

Figura notável, era venerado pelo povo ( notadamente pelos mais humildes). Sua morte causou grande consternação, tendo seu funeral, conforme testemunhos da época, paralisado a cidade. Seu túmulo no Cemitério do Paquetá,  em Santos/SP. é um dos mais visitados e o povo acredita que o poeta continua a espalhar bondade mesmo após a sua morte, atendendo às preces que lhe são dirigidas.

Na figura do médico-poeta que foi Martins Fontes vai também a minha homenagem aos médicos em geral, na sua data comemorativa DIA DO MÉDICO. Em especial homenageio as figuras dos médicos sonetistas do Recanto; Drs. CULA e Paulo Camelo.  
EMILIO CARLOS ALVES
Enviado por EMILIO CARLOS ALVES em 20/10/2005
Código do texto: T61299
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EMILIO CARLOS ALVES
Santos - São Paulo - Brasil, 69 anos
167 textos (52131 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:30)
EMILIO CARLOS ALVES