Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eis o que realmente sou...

Eu sou aquilo que os psicólogos descrevem como a face sombria da alma humana.
Sou a indefinição e a confusão dos sentimentos.
Sou o amor pelo medo e a adoração permanente pela escuridão.
Sou a neblina que esconde o mais belo luar.
Sou o grito sufocado daqueles que tem o amor como maior pecado...
Eu sou o grande começo do final.
A verdade respeitosa que nem chega a ser leal.
A paixão que move montanhas e seca corações com o passar do tempo...
Sou o orvalho esperando o calor brando do nascer do sol.
Sou o que você sente e não sabe explicar
Quem você ama e não pode se separar
Sou quem o faz chorar e quem suas lagrimar pode seca...
Meu pranto sofrido não poderei jamais calar, pois ele jaz em mim.
Somente tu podes dizer quem realmente sou...
Até que isso aconteça só me resta seguir assim...
Sem uma face definida ...sem um nome pelo qual atender ...
pois me faço desconhecida para aqueles que não sabem morrer...

Líbia
Enviado por Líbia em 29/09/2007
Reeditado em 09/12/2013
Código do texto: T672957
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Líbia
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
10 textos (334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 17:20)
Líbia