Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De Mim mesmo

De mim mesmo eu sei
Que amo a vida. E que o verbo viver somos nós quem conjugamos.
Sei que pai e mãe são dádivas. Flores lindas no jardim da nossa vida que devemos cultivá-las com carinho.
Sei que amo minhas irmãs.
Sei que amizade é um dos pilares da nossa vida.
Sei que a pior das maldades é o desprezo e que a presença é algo mágico.
Sei que um sorriso pode recriar um mundo e que o mundo gira a cada passo que damos.
Sei que Deus está sempre aqui.
Sei que mudanças podem ser dolorosas e medonhas, mas são essenciais.
Sei que o passado paraliza, então é preciso viver o presente.
Sei que devemos perdoar.
Sei que não devemos cultivar a dor, nem supervalorizá-la e devemos buscar alegria sempre.
Sei que os erros têm consequências e também sei que devemos aprender a perdoar a nós mesmos.
Sei que se não perdoam, o coração é o mais importante.
Sei que devemos fazer coisas boas pra nós mesmos.
De mim mesmo sei que devo estar sempre aberto à novidades, sempre com um senso crítico, mas que devo ser maleável.
E sei que a felicidade é a soma dos eventos da nossa vida, que resultam sempre positivamente.
Fábio Melo
Enviado por Fábio Melo em 21/11/2007
Reeditado em 04/01/2008
Código do texto: T746495

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Melo
Recife - Pernambuco - Brasil, 34 anos
448 textos (43062 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 06:51)
Fábio Melo