Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOMENAGEM PARA SILVIA ARAÚJO MOTTA(7)

DE ZENI DE BARROS LANA (*)

PARA: SÍLVIA DE LOURDES ARAÚJO MOTTA

A escritora Sílvia de Lourdes Araújo Motta acaba de dar à luz mais um filho literário, ou seja, seu tão esperado livro que se intitula: VERSOS E CARVERSOS SAZONADOS.Surge depois de já haver escrito dois anteriores:”De mãos dadas” e “Frações de uma Vida”.
A árvore da sua imaginação fertilísssima cresceu indefinidamente, floriu e frutificou, dando como resultado tantos frutos:seus VERSOS E CARVERSOS, já SAZONADOS.
Quem conhece a autora já poderia esperar obra tão volumosa: de quinhentas e quinze, páginas-metade da obra-prima de Cervantes.
Sílvia é uma intelectual cuidadosa.Ao longo de sua vida, foi registrando os fatos mais significativos, quase todos em poesia...e, agora, os coloca em livro.
A autora é um grande valor para a literatura, sendo fundadora e atual Presidenta do Clube Brasileiro da Língua Portuguesa, mantendo correspondência freqüente com autoridades representativas dos oito países da Comunidade Lusíada.
Graduada em Letras, é também Pedagogista, Pós-Graduada.Dedicou-se com o maior empenho, à Educação, entregando-se de corpo e alma à vida profissional.Nos estabelecimentos educacionais onde atuou, tudo fez para elevar o nível intelectual, humano, religioso, social de seus educandos.
Agora, aposentada, as Redes: Estadual e Municipal de Ensino acabam de perder um dos baluartes da Educação, líder sem precedentes, educadora exímia, que jamais mediu esforços para doar o melhor de si, doando-se completamente, ao seu trabalho pedagógico inimitável.
Seu amplo currículo, neste livro, justifica esta alentada obra, acrescido da sua exuberante personalidade, que não sabe pensar pequeno. Sua imaginação sem fronteiras cria asas ... voa ... e vai além do infinito, transpondo espaço e tempo.
Sílvia é uma artista da literatura, da música e da pintura.Canta, pinta, toca instrumentos, escreve em prosa e versos e até em carversos-termo criado por ela, para justificar a continuidade do assunto nos versos das cartas que escreve a tantas pessoas, pelos acontecimentos cívicos,
sociais, literários, religiosos, familiares e outros.
Ela é toda sentimento...Grávida de idéias e alegrias... consegue colocá-las no papel com, a pena da sua emoção.
Mulher ímpar, com a poesia à flor da pele, não deixa morrer o sentimentalismo que mora em seu coração e aflora a todo momento.
Valoriza as suas raízes: a terra, as tradições e a família.
Nascida num  “Belo  Vale”, tornou-o   mais  belo ainda porque  ela  existe  e  coloca  alma  em  tudo  que imagina, em tudo que cria, em tudo que realiza.
Para esta obra vir à lume, bastaria apenas que sua autora escrevesse seus sonetos e suas trovas.Há poemas lindos, criados pela musa de uma mulher que ama a vida, que sonha, que luta, com persistência, que transpõe obstáculos, que perdoa, que vence...que quer vencer e, portanto não sente desânimo frente às dificuldades que lhe aparecem a todo momento.
Sílvia, sendo a filha agradecida, a mãe carinhosa, mas enérgica, a esposa apaixonada, a amiga dedicada, a empreendedora entusiasmada...e muito mais que tudo isso a mulher que sonha e realiza - só poderia produzir em versos a beleza de um “Desabafo Materno”, um “Um Solstício de Verão”, “Aconteceu”, “Linguagem Cantante”,”Quisera pedir”, ´”Ultimas Esperanças”, “Desafo Vital” , “Tento esquecer”, “Ser Feliz”, e abrindo as “Portas da Vida”.
Tudo isso sem falar das suas Trovas, que são de um lirismo invejável, de uma filosofia profunda, transbordando em bondade e perdão, em amor e carinho-sentimentos que sublinham todo o seu viver.
Parabéns, minha amiga querida!
Mas...não precisava de entregar ao leitor um livro deste porte, pois tenho a certeza de que, pelo seu talento, cultura e idealismo, este é mais um trabalho literário de uma série.
Todos eles (seus filhos literários) projetarão a sua luz interior e sua fertilidade cultural, na trajetória de sua vida.

Sua amiga,

(*)Zeni de Barros Lana
Membro efetivo da Academia Petropolitana de Poesia Raul de Leoni-RJ, Academia  de Letras e Ciências de São Lourenço-MG, Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiete,
Academia  Internacional de Ciências, Letras, Artes e Filosofia-RJ, Academia Municipalista de Letras de Minas Gerais-BH, Academia Brasileira de Trovas-RJ, União Brasileira de Trovadores -BH, etc, etc...

Belo Horizonte, 3 de junho de 2003 .

---***---
Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 24/11/2005
Código do texto: T75883
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
6556 textos (669027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:31)
Silvia Araujo Motta