Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Caixa Econômica de Maricá é uma M...da

O DESCASO DA CAIXA ECONÔMICA DE MARICÁ,PARA COM OS CLIENTES
OU, O MELHOR DO BRASIL É O BRASILEIRO

Este e mail vai para a Controladoria Geral da União,para a ouvidoria da Caixa,para o Território Livre,www.marica.com.br),Recanto das Letras, para a prefeitura de Maricá,Senadora Heloisa Helena,Senador Paulo Paim,etc.

É impressioante;
 a falta de respeito dos funcionários da Caixa Econômica-Maricá,para com os que dela precisam.Não me refiro nem a contribuinte,correntista,cidadão ou outra palavra em moda;refiro-me ao ser humano.Verifica-se na referida agência um verdadeiro abuso no “direito”da incompetência e da falta de compromisso para com a instituição.
Eu,por exemplo,
já fui cinco vezes na aludida agência para tentar receber a quinta parcela do chamado “resíduo do plano econômico”.Quero crer que o meu caso particularmente chegará ao seu desfecho na próxima quinta feira,26 de janeiro,após eu ter feito até um pequeno discurso relâmpago no salão,ocasião em que ,levado pela emoção,gritei; “- Esta Caixa Econômica é uma M......A .”A propósito,na minha comunidade no ORKUT,tem lá a frase acima citada. É só entrar no Orkut e procurar Enorê Rodrigues.
Nessa Segunda feira,dia 23,lá estive mais uma vez e o que constatei não é crível; existem três caixas ,mas nunca as três estão em atividade,havia uma fila dita “dos idosos”.Nela,cerca de cinco sexagenários,onde se incluia uma idosa que andava com auxílio de bengalas.A fila ia mais ou menos até que a servidora,com ar de muito cansadinha, resolveu abondonar a caixa e sumiu.Os idosos,então,se deslocaram para a caixa número dois.O não idoso que seria o “próximo”na caixa dois,passou a ser o sexto.Usando as metáforas que o nosso Presidente tanto gosta; o conterrâneo estava na cara do gol e teve que voltar para o meio de campo...Já eu nem mais sabia a minha colocação no ranking do martírio.No salão,com uma prancheta,uma mocinha organiza(des)ao seu modo a fila.Para uns,senha,para outros, chamada pelo nome,para outros nem uma coisa nem outra.Eu nunca ví tanta cara emburrada por metro quadrado.
Como falei,
na quinta feira o meu problema deverá ser resolvido,mas a caixa continuará no mesmo lugar,com os mesmos funcionários,com os mesmos descasos e os mesmos vícios. E,vejam bem,ninguém é obrigado a acreditar no que estou descrevendo.Aliás,eu até peço,NÃO ACREDITEM, sugiro que a ouvidoria mande para o local um funcionário se passando por cliente.Basta apenas isso para se comprovar que a CAIXA ECONÔMICA DE MARICÁ ainda vai matar muita gente do coração.Eu mesmo,como cardiopata e hipertenso,tive uma grande elevação da pressãp arterial,quando depois de muitas idas e vindas,um funcionário de nome Walter,na maior cara de pau,mandou que eu voltasse daqui a dois ou três dias???Por que a subjetividade?daqui a dois ou três dias não existe,da mesma forma que o tal do Walter.Aliás,quando fui receber a primeira parcela,me “entubaram”uma capitalização e eu tive atendimento vip
Fica aí a minha contribuição para os infelizes usuários da referida agência , e para a própria ouvidoria,que certamente tomará urgentes providências.
Sabe,
em determinados momentos eu acho que aquela propaganda “vem pra caixa você também”é uma ironia,ou uma provocação.A gente percebe que quando acabam de cantar a musiquinha eles dão um sorriso.
Apenas um detalhe;
 não terei a menor preocupação em assumir e assinar qualquer documento para que seja dado o procedimento normal à uma auditoria.Chega de humilhação.Será que nos grandes município também acontece situação semelhante?
Finalmente,
sugiro também ao prefeito Ricardo Queiroz,que procure comprovar a veracidade das informações que estou passando para,posteriormente,enviar ofício às autoridades competentes,exigindo respeito ao povo de Maricá.
Repito,
a apuração é muito fácil,basta que alguém compareça à agência se passando por cliente.
Encerro com uma reflexão;
Por que a fila para falar com o gerente é maior do que qualquer fila normal ???
Alguma coisa está anormal... ou anormal estaria eu?

Ah,meu querido diário,esqueci de dizer,teve um dia ÚTIL -UTILÍSSIMO( não me lembro qual),eu fui lá e a agência não abriu.Ninguém dizia o motivo.Seria o aniversário da caixa?do vigiliante?da moça que fica com a prancheta? do gerente?

COMO DIRIA O KIKO, AMIGO DO CHAVES:
-NÃO   DEU...

A minha esposa,ao ver que eu escrevia o presente e mail comentou:
- Amor( ela ainda me chama assim,apesar  dos 35 anos de  casados),você não acha que poderá prejudicar o gerente da agência?
Eu respondi:
- Minha querida esposa,ele está prejudicando muito mais pessoas há bastante tempo.Assim,entre ficar triste um universo de pessoas e ficar apenas ele e os familiares dele,fico com a segunda opção.

Claro que não pretendo nenhuma medida radical,mas um “sacode” ele merece.Expilcar para eles que os vovôs e as vovós merecem respeito.

Enorê Rodrigues
Enviado por Enorê Rodrigues em 24/01/2006
Reeditado em 24/01/2006
Código do texto: T102947
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enorê Rodrigues
Maricá - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
123 textos (11886 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:41)
Enorê Rodrigues