Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

seja com(o)...

Seja com é, venha como vier. O importante é que esteja! Beijos, meu querido.
Enviado por Rúbia Bourguignon em 30/01/2006 09:34
para o texto "copio"

 ...agora ela está em cada letrinha desse poema...como um barquinho de papel flutuando na lágrima da poesia. val
Enviado por ana valéria sessa em 29/01/2006 18:38
para o texto "dum poema"

Cheguei; pego nos dois últimos comentários com carinho comovido, como um idiota movido a emoções. Vou ao meu "diário pessoal" onde hoje lembrei que aqui viria e escrevi assim:

ENSAIO
(1)
PAZ
toda a poesia é
uma ficção pessoal
de quem a faz,
agora aqui funciona
como ideal de Paz!

(2)
DE ACONTECER
o verso pode ser branco,
o verso pode ser livre,
o verso pode nem ser,
toda a poesia tem... de acontecer

(3)
EXPRESSÃO
a arte poética
é a que elege
a palavra
como forma de... (tu_do)

(4)
CORPO A CORPO
sabes para que (te) quer_ia?
para fazer amor!
sem mais,
apenas com o corpo!

(5)
ENTRE PEDRAS
diz-me palavras onde oiça
o rumor da voz
como fala
a água
quando corre... entre pedras

ouve estas,
como palavras
onde procuro responder(-te)

entre pedras dum dis_curso...

Assim

{mestre, cuja existência não pretendo igualar, Assim não faz nem procura comentários, eu admiro e aprovo mas vou... pelo contrário fazendo, lendo o "69" da leitura/escrita, e, claro/escuro... procuro todos os contrastes!
Este é um poema-múltiplo dum livro ainda em construção "In DISSE", disse.
F}

Deixo este regresso na correspondência...
Beijos, abraços, saudades!
Recantuais saudações!!
Com muito amor!!!
[mais que dizer, exclame_i (ir_racional)]
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 30/01/2006
Reeditado em 30/01/2006
Código do texto: T106269
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310486 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:40)
Francisco Coimbra