CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

CARTA DE UM HOMEM APAIXONADO

Olho para a infinidade do horizonte e fico admirado com a beleza do universo, em como tudo isso pode ter sido obra de um ser genial, de um poder incrivelmente grande na sua genialidade. Mas é quando olho para você, meu amor, que essa certeza se torna absoluta; pois para dar vida a um ser como você, a alguém tão bela, tão sedutora e ao mesmo tempo carinhosa e inteligente, criar esse universo foi até uma tarefa bem simples. Agora, trazer ao mundo alguém como você, foi preciso mais que um gênio, mais que um deus; foi preciso o deus da inspiração estar no seu melhor dia.
Ah, meu amor, como posso dizer que o que sinto por você se nem mesmo eu sei explicar o tamanho do meu amor? Sei apenas que ele é maior do que a maior grandeza que eu possa imaginar. Sou um pobre coitado, um infeliz que, após mergulhar no poço da felicidade, veio à tona acreditando que o amor em seu coração é maior do que todas as maldades que há no mundo. Sou um sonhador, alguém que passa vinte e quatro horas do dia divagando, perdido no mundo da lua, tentando compreender a imensidão do meu amor por você.
Mas se estou perdido, como posso chegar a algum lugar? Primeiro teria que encontrar alguém capaz de me guiar para qualquer lugar que fosse. E esse alguém, meu amor, só pode ser você. Só você é capaz de me dar uma direção, de me fazer chegar a algum destino. Só ao teu lado consigo pôr alguma ordem nos meus pensamentos, embora na mais das vezes continuam perdidos. Mas também, para que os pensamentos? Contigo, as experiências, as sensações e as emoções são mais que suficientes. Eu não preciso de mais nada, só de você.
Teu sorriso clareia os meus dias; tuas palavras de carinho põem ordem na bagunça da minha vida; teus beijos me alimentam e teus abraços me aquecem e me confortam nas mais frias noites de inverno. Sim, meu amor, tudo isso é a mais pura verdade. Sinto que em teus braços eu não preciso de mais nada, apenas de teu amor.

OBS: MAIS SOBRE O AUTOR PODE SER ENCONTRADO EM: www.edmarguedes.blogspot.com
Edmar Guedes Corrêa
Enviado por Edmar Guedes Corrêa em 07/07/2008
Reeditado em 23/02/2010
Código do texto: T1069565

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Edmar Guedes Corrêa
Guarujá - São Paulo - Brasil, 46 anos
373 textos (85628 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/14 12:52)