Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma carta de Amor.

        Para escrever uma carta não são necessárias muitas palavras o que precisa principalmente é um coração, uma borracha e uma grande paciência.
O coração usa-se para lembrar de você e escrever fatos cada vez mais bonitos e a borracha fica intacta ao canto esperando que a minha paciência encontre um erro e me faça voltar atrás.

Amor. Descobri isso quando a vi, seus olhos se encontraram com os meu mostrando que o céu foi superado por apenas uma pessoa, sua liberdade lembram à dos pássaros voando em direção ao paraíso,  foi de onde veio, seus cabelos lembram a beleza e pureza existente em seu fim, lábios não me dizem nada apenas trazem o desejo.
Descobri também que o AMOR não é só beleza, é calma, entendimento, pensamentos, fatos encontrados apenas em você que caminha cada dia, tirando-me deste mundinho que vivia, vendo agora novos planos traçados por mim, e no futuro, talvez, por nós.

Todos tomamos decisões e qualquer que seja a sua, quero dizer, se isso não lhe agradar apenas a rasgue e esqueça tudo, pois a amizade vence tudo e a todos e se for preciso serei vencido.
Danjos
Enviado por Danjos em 27/02/2006
Reeditado em 29/06/2008
Código do texto: T116654

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Danjos
Rio Claro - São Paulo - Brasil, 26 anos
35 textos (3027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:23)
Danjos