Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Folhas secas de meu jardim

No meu quintal vou varrendo as folhas secas de meu jardim
Numa tarde manhã, o vento sopra e realça  um assobio tempestuoso...
Bem que eu queria estar dormindo na minha cama macia e generosa
E sonhando e me alucinando de meu eterno venenoso desejo por você

Doces lembranças que tive e terei com você, mas nesse momento...
Tenho que varrer as folhas secas do meu jardim, que me cansa...
Mas tudo passara num passe de mágica  e logo voltarei a sorrir
Junto com você plantarei o eucalipto que mais tarde há de tornar

Um singelo livro que terá memórias de nossas vidas e meu jardim
Estará repleto de borboletas coloridas e dançantes e a meu redor
As folhas secas de meu jardim terão o clarear do amigo sol
E o revoar de pássaros negros cantarão uma bela canção

Mas nesse momento tenho varrer as folhas secas de meu jardim



Edwaldo Mendes Filho
Enviado por Edwaldo Mendes Filho em 23/03/2006
Código do texto: T127280
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edwaldo Mendes Filho
Guarulhos - São Paulo - Brasil
735 textos (31329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:15)
Edwaldo Mendes Filho