Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO SEI QUAL


NÃO SEI QUAL...


AMOR,
NÃO SEI QUAL O MOTIVO,
DE REPENTE DESCONECTEI-ME...
TIVE DE CONECTAR-ME NOVAMENTE!
DEMOROU UM POUQUINHO,
UNS DEZ MINUTOS.
AO VOLTAR NÃO MAIS A ENCONTREI.

VOCÊ DISSE QUE ESTAVA IRRITADA?
QUAL O MOTIVO,
QUERIDA?

TENHA PACIÊNCIA,
AMOR!
PACIÊNCIA É VIRTUDE...
NÃO SE ESQUEÇA!

MANDEI CARTA HOJE PARA VOCÊ,
VIA CORREIO,
CONTENDO HISTORINHAS...
PARA LER PARA NOSSOS SOBRINHOS.
JUNTO SEGUIU UM CARTÃO PARA VOCÊ.

ENVIEI TAMBÉM,
ATRAVÉS DE SEU ENDEREÇO,
CARTÃO PARA SUA MÃE.
VEJA SE GOSTOU...
E QUAL FOI A REAÇÃO DELA.
AO ESCREVER O CARTÃO
FUI SINCERO,
COM PUREZA DE MINH'ALMA!

NÃO SEI A QUE HORAS
VOCÊ RETORNARÁ.
FAREI O SEGUINTE:
BANHO,
AGASALHO,
LANCHE
E DE VEZ EM QUANDO RETORNO
PARA TENTARMOS CONVERSAR.

POR ALGUM MOTIVO,
SE NÃO CONSEGUIRMOS ENCONTRAR-NOS...
NOVAMENTE HOJE,
COM CERTEZA,
AMANHÃ DE MANHÃ,
AQUI ESTAREI.
NEM QUE SEJA PARA UM...
“BOA NOITE”,

QUERIDA,
NÃO ACONTECENDO IMPREVISTOS,
LIGAREI VIA CELULAR.
TRANQUILIZE-SE,
MEU AMOR,
TODOS TE AMAM,
ACREDITE!

BEIJO MUITO CARINHOSO,
SUAVE, LABIOS MACIOS,
COM VIBRAÇÕES DE BEM-QUERER
E DE AMOR ETERNO,
DE SEU SEMPRE AMADO!
Karuk
Enviado por Karuk em 27/03/2006
Código do texto: T129447
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Karuk
São João Del Rei - Minas Gerais - Brasil, 76 anos
300 textos (31535 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:39)
Karuk