CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Carta para a Sogra

     Outro dia desses estive meditando sobre a minha vida, e sobre a contribuição e a ajuda que recebo de amigos, colegas e familiares.
     Confesso que realmente não tenho o hábito de parar para meditar, pois minha vida, como você bem sabe, é muito agitada e estressante, o que consequentemente me faz ter poucos momentos de calmaria nos quais posso parar para refletir. Mas, graças aos céus, tive esse momento de tranquilidade hoje para fazer essa Carta para você, na qual procuro apresentar o quão marcante tem sido você na minha vida, e na vida de minha esposa que é sua filha e de meus filhos que são seus netos.
     Tenho que admitir que para mim é realmente muito difícil estar escrevendo essa Carta, por que nós vivemos num mundo machista, cheio de preconceitos e inibições que limitam nossa vontade e liberdade de expressarmos aquilo que sentimos pelas pessoas à nossa volta. E, talvez, a situação mais difícil que um homem pode enfrentar nesse mundo é expressar os bons sentimentos que ele venha a ter por sua sogra. Acho que nem preciso explicar o porquê disso, pois sei que você deve saber mais do que ningúem como a imagem da sogra é carregada de estereótipos.
     Quero lhe dizer que sinto por você um enorme carinho e admiração. Vejo em você um exemplo de mulher e mãe, que dedica sua vida de forma altruísta para cuidar de seus entes queridos. O seu jeito cuidadoso de educar seus filhos e netos é um exemplo para mim e para minha esposa.
     Percebo que poucos maridos podem contar com uma esposa tão presente, prestativa e amiga como você tem sido com meu sogro.
     Você me inspira a ser uma pessoa de valor, daquelas que vivem de forma honrada e comprometida como os princípios mais nobres e dignos do ser humano.
     É justamente por esses motivos que não consegui me manter calado e inato, o que acabou me estimulando a escrever essa Carta, na qual posso expressar de forma clara e direta o que você tem representado para minha vida, e de toda minha família.
     Sei que poucos se arriscariam a escrever uma Carta com tal conteúdo, mas se eu não a tivesse escrito estaria cometendo uma falha e omissão muito grande, pois você é uma pessoa sem igual, uma mulher iluminada por Deus, da qual muito me orgulho.
     Espero sempre poder contar contigo ao meu lado, e ao lado de toda minha família.

Palmas - TO, 27 de novembro de 2008.

João Vale dos Santos

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Publicado no Jornal Mesa de Bar News, edição n. 292, p. 19, de 30/12/2008. Gurupi - Estado do Tocantins.

Giovanni Salera Júnior é Mestre em Ciências do Ambiente e Especialista em Direito Ambiental.
E-mail: salerajunior@yahoo.com.br
Giovanni Salera Júnior
Enviado por Giovanni Salera Júnior em 28/11/2008
Reeditado em 20/03/2009
Código do texto: T1308043

Comentários

Sobre o autor
Giovanni Salera Júnior
Brasília - Distrito Federal - Brasil
939 textos (1811518 leituras)
106 e-livros (23411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/14 18:43)