Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta aos poetas

Carta

   Já decerto vos aconteceu ,sentar á frente do PC, e dos vossos dedos, recusam-se a sair as letras mágicas, com que se alimentam e comunicam!
   Pois é, amigos poetas, hoje estou num desses dias… Escrever tem que ser um prazer!!! Um poema, uma prosa,  uma simples frase ou pensamento tem que sair dentro de nós, livre, sentido, num movimento contínuo irreflectido, onde nem o corrector do Word usas para emendares os erros próprios de quem começa e não pode parar…
   Bem, temos outras soluções… Poderemos ir ao baú de coisas já escritas, fazer um texto rebuscado, palavras difíceis, imagens comuns… Mas e o prazer de escrever? O prazer de criar?
   Pois é amigos Poetas, somos todos humanos … E hoje devo estar no meu TPE (escrita)

Bem haja pela vossa paciência ao ler este desabafo.
Alma Lusíada
Enviado por Alma Lusíada em 17/04/2006
Código do texto: T140438
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alma Lusíada
Portugal
104 textos (18766 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:39)