Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA BEIRA DE UM CÓRREGO




Querida amiga,

Hoje na beira de um córrego, tive certeza de que nada é impossível. Na margem oposta observei uma árvore grande e que durante as chuvas, o volume maior de água solapou as margens. Pude observar um fato interessante:
- raízes da árvore que buscaram fendas e pequenos buracos nas pedras e infiltraram-se para prosseguir vivendo para proporcionar alimento necessário para a árvore. Ora, quem iria imaginar tal possibilidade?
Assim somos nós, sempre vamos achar fendas, pequenos buracos em nosso viver e nossas raízes vão penetrar encontrando o alimento próprio.
Ah, como queria poder te ajudar mais com minha alma leve, mas sou distante em léguas e milhas, o que fazer então?????  Sempre surgem recursos e ate mesmo ao ver um pássaro passar por perto de mim poderei pedir-lhe:
- leve este meu desejo de saúde, paz, harmonia, tranqüilidade e de evolução espiritual para esta minha amiga.
E sabe o que aconteceria?
Ele cantaria para mim, absorvendo meus desejos para entregar-lhe pessoalmente.
Confio em nós,
Querida amiga,
Abraços afetuosos e siga em frente, determinada a vencer.
O amigo,
Karuk
Karuk
Enviado por Karuk em 22/04/2006
Código do texto: T143276
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Karuk
São João Del Rei - Minas Gerais - Brasil, 76 anos
300 textos (31539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:17)
Karuk