Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mãe...

              Oi mãe!
              Tenho tanta saudade de você...
              Sempre me lembro de quando me dizia que eu era uma filhona e que não sabia de onde eu tirava tanta força para enfrentar as dificuldades que surgiam.
              Sabe, essa força vem de Deus com certeza, mas vem também da minha vontade de ser forte como você foi durante toda a vida. Eu te admiro muito e tenho muito orgulho de ser sua filha.
              Mãe, queria tanto poder te olhar nos olhos e contar das minhas alegrias... Estou amando muito e feliz porque sei que também sou amada. Você sabe que agora tem um netinho, o Gabriel! Adoro meu sobrinho/afilhado e sinto saudades dele. Ele é um garoto super inteligente e carinhoso.
              Queria poder deitar no seu colo e contar das minhas fraquezas, das vezes que ajo sem pensar e meto os pés pelas mãos. Sinto muita falta de conversar com você. De ouvir sua voz dizendo que me entende.
              Sei que você está comigo todos os dias e que me ama muito. Fiquei emocionada e feliz ao receber a mensagem que você mandou para mim. Feliz também porque você entrou em contato com uma pessoa muito especial e isso para mim foi um grande sinal de aprovação e bênção.
              No dia 27 de maio fará seis anos que você foi pro céu encontrar com Deus, Maria, Jesus e todos os parentes e amigos que aí já estavam. Não quero ficar triste nem chorar porque sei que você está bem, feliz, sem as dores do câncer que te fizeram sofrer e que você suportou como uma guerreira.
              Desculpa se às vezes eu fraquejo ou ajo de forma impensada, não quero te decepcionar e nem àqueles que me amam. Você sabe que nunca tive vergonha de reconhecer meus erros, pedir perdão e melhorar (amadurecer). É isso que tenho feito e nos últimos meses aprendi muito e tenho travado uma batalha grande comigo mesma... Mas às vezes escorrego e me deixo influenciar, acabo entristecendo e decepcionando quem me ama.
              Mãe... te amo! Saudades!
              Não se preocupe comigo, estou feliz.
              Dá um beijo no vô, na vó, tios e amigos que estão aí com você.
              Continua me iluminando e dando força nessa caminhada.
              Um beijo mãe!

              Sua filha (que continua tentando ser filhona),
Cláudia

 
Cláudia Ferreira Viana
Enviado por Cláudia Ferreira Viana em 07/05/2006
Código do texto: T151918

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Ferreira Viana
Londrina - Paraná - Brasil, 48 anos
86 textos (5759 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:31)
Cláudia Ferreira Viana