Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

paizinho

há muito que não te escrevo. é preciso que te sinta, que as saudades cheguem por si. cada dia que passa dói mais não ter-te aqui. e agora que és mais tu, agora que nos amamos a dor é maior. passados estes meses vejo-te em rostos que encontro ao acaso. fico triste quando me recordo dos natais que passei contigo e daqueles que não passei. tu ficavas sozinho a pensar em quê? deixa-me adivinhar, deixa-me sentir. pensavas-te rodeado de quatro petizes deslumbrados com a árvore colorida, os presentes e as luzes que acendiam e apagavam. esse tempo encantado passou depressa. de repente vejo-me com pensamento próprio e encontro nesta época tanta hipocrisia e tanta injustiça. eu já não a sinto. por vezes também não me sinto.
lunapensativa
Enviado por lunapensativa em 07/05/2005
Código do texto: T15353
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lunapensativa
Portugal, 44 anos
114 textos (10364 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:42)
lunapensativa