Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLA, COMO VAI

Querido Karuk,

Olá ,como vai?Fiquei um tempo sem escrever.Na verdade, tenho passado dias muito difíceis.Os piores que já passei em toda minha vida.Tenho frequentemente tido ataques de choro e sempre que isso acontece , é muito desgastante , pois minha cabeça dói muito e eu me sinto sufocando.Eu fico pensando se um dia terei direito a um só dia de felicidade , pois não me lembro de ter tido um algum dia.Agora, parece que cheguei ao fundo do poço.
Minha vida acabou.Ficar em casa tem sido muito ruim .Sinto como se fosse um fardo e sei que as pessoas aqui me olham diferentes agora que estou sem emprego . Vc é a única pessoa com quem eu posso desabafar.Eu não vou mais suportar tudo isso .Eu estou cansada de ver as pessoas realizando seus sonhos e sendo felizes e eu nada.Chega , acabou , eles venceram e eu cansei.Acho que Deus não está me ouvindo .Talvez eu não seja sua filha e sim uma simples criatura.Eu não espero mais nada , somente o fim.Obrigado por me ouvir .Espero que se lembre de mim , não como alguém que não conseguiu , mas que tentou.Se eu morrer , eu sei que vou para o céu , pois não acredito que possa haver sofrimento maior do que viver aqui nesse mundo infeliz e não poder estudar só porque não tem dinheiro .Tomara que Deus me escute dessa vez e venha me buscar , pois eu não suporto mais chorar e esperar mais uma semana ....

*************

Querida amiga,
Sim, percebi pois não tenho recebido noticias. Não considere seus dias como os “piores”, mas sim como lições de vida! Acredite que você não é a única a sofrer, apesar de tantas dificuldades surgindo em seu caminho. Nunca se esqueça que ninguém recebe fardo mais pesado do que pode carregar. Conscientize-se deste fato. Não se magoe, fique firme, enfrente seu dia-a-dia com fé, esperança no dia de amanhã. Diz o antigo ditado que após a tempestade surge o sol.
Nada mais desgastante, concordo, quando pensamos em aceitar derrotas. Obstáculos devem ser ultrapassados e nunca devemos parar diante de algum e assentar sobre um falso impedimento.
Se desejar, chore. Lágrimas são gotas de amor entre você e nosso Pai Celestial. Menina não acredito e nem você acredita que não tenha tido dias felizes, pois se assim pensar é o mesmo, por exemplo, afirmar que ate hoje as aulas das quais participou em seu curso foram péssimas e sendo assim sua vocação não é jornalismo.
Claro que vai suportar tudo que surgir. Constantemente teremos em nosso caminho obstáculos. Outro fato que pode vir a ser negativo é achar que somente os “outros” estão vencendo. Neste momento você já pode considerar uma etapa vencida pois esta desabafando comigo e eu respondendo.
Muitos existem que se encontram totalmente sozinhos na “rua da amargura”. Lembre das criancinhas na África amassando argila e cozinhando-as para comerem...
Lembre das mães solteiras cujos parceiros deixaram-nas ao relento, grávidas e que atualmente continuam a jornada sem terem ao menos um pai, uma mãe, um irmão, um tio para desabarem o sufoco que sentem.
Não se engane, não é chegado o momento de sua ida para outras paragens espirituais. Você não foi vencida, você não foi abandonada por Deus. Quem sabe ele esta he dando esta oportunidade, através deste problema, para que possas firmar sua fé, em você e nele.
Ninguém venceu e você não perdeu, pois continua no páreo e vai seguir rumo a seu destino que, sem dúvida, pelo que conheço acerca de seus sentimentos, será o sucesso na carreira que escolheste.
Aqui estamos, na terra, neste nosso “mundo” exatamente para conseguirmos elevar nossos sentimentos humanos do bem e os espirituais, justamente como conseqüência de “pedras” em nosso caminho que vamos retirando uma a uma, constantemente.
Se eu contasse para você a respeito de minha vida, tantos erros e acertos cometidos, tantas decepções e ingratidões, tanto “sofrimento” (hoje tais sofrimentos são relembrados por mim como justos e necessários para estar onde e como estou) você poderia com amor entregar-me o seu mais afetuoso e carinhoso abraço como se fosse prêmio Nobel.
Siga em frente, chorando ou não, siga confiante, pois tenho a convicção de que é capaz de remover “montanhas”.
Seu amigo,
Com abraços e carinhos, desejando-lhe o sucesso merecido,
karuk
Karuk
Enviado por Karuk em 15/05/2006
Código do texto: T156654
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Karuk
São João Del Rei - Minas Gerais - Brasil, 76 anos
300 textos (31531 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:06)
Karuk