Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu anjo, meu amor...

Quando caminhei pelo parque, naquela manhã,
Embalada pela sinfonia que tocava ao longe,
Pelos murmúrios dos riachos e sussurros das arvores,
Mãos atadas às suas,
Senti-me invadida por uma enorme paz.

Tantas coisas para dizer naquela hora de despedida...
Mas onde mesmo foram parar as palavras?

Flutuaram entre os campos e jardins,
Testemunhas daquele momento mágico e doloroso...

Nunca precisamos de palavras, eu sei.
Sempre nos falamos pelo silêncio e pelos olhares,
E a beleza e profundidade deles é que nos bastou naquela hora.
Podíamos até mesmo ouvir o eco dos nossos segredos...

Não há limitação no meu amor por você,
E é por isso que não posso mantê-lo em minha posse.
Portanto, vá logo, meu anjo-amigo, bem depressa...
Segue teu caminho e não olhe para trás.
És livre para voar...
Voe alto... O sucesso te espera.
Não poderei ir com você desta vez,
Outros precisam de mim.

Mas antes que se vá, quero dizer-lhe uma coisa.
Salvou-me a vida, sabes bem disso.
Sou-lhe eternamente grata.

Por muitas vezes questionei a Deus
Porque meu corpo foi unido a um homem que amo,
E minha alma a um homem que não conheço.

Hoje eu sei que minha alma sempre esteve ligada à sua.
Desde aquele dia, em que nossos corações
Foram unidos pela tristeza e sofrimento.

Ah, meu amor... sentirei muito a tua falta.
Agora mesmo, neste momento,
Já a sinto tanto...
Mas toda a alegria que compartilharmos não foi em vão.
Fez-nos renovados e mais dispostos a batalhas,
Assim como nos fez maduros, para iniciarmos novas historias.
E é assim que devemos nos lembrar desta caminhada juntos.

Sentirá minha presença, mesmo longe,
Pois estarei sempre com você, olhando na mesma direção.
Também estarei por você, aqui,
Sempre que quiser e precisar.

Muitas coisas importantes você me ensinou...
Não esquecerei.
Reconhecer meu valor, foi uma delas.
Mas, sem dúvida alguma, a mais importante de todas
Foi enxergar e entender que a perfeição já existe,
E que ela está bem à nossa frente,
Na beleza de um “Amor realizado”.

Obrigada por você existir e por me amar,
Incondicionalmente.

(A você que caminhou a meu lado nos últimos dois anos, mas que neste momento precisa dar passos mais rápidos que o meu, caminhando um pouco mais a frente)
Ana Katerine
Enviado por Ana Katerine em 20/05/2006
Reeditado em 29/01/2009
Código do texto: T159515

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (de "Ana Katerine" - Recanto das Letras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Katerine
Conselheiro Lafaiete - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
274 textos (10711 leituras)
2 e-livros (83 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:04)
Ana Katerine