Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA CARTA QUE DEIXEI...

Sabe, se eu pudesse te encontrar mais uma vez e te dizer todas as coisas que ficaram em meu pensamento quando te deixei.
Se houvesse naquele último encontro, mais um minuto antes do adeus, eu te contaria em detalhes o porque parti e nunca mais retornei.
Não, o destino seria muito bom para mim.
Poder reconciliar as nossas almas e tirar delas todo o sofrimento que causei.
Toda a angustia que te fiz passar.
Hoje, de onde estou, tenho a plena certeza de ter feito a coisa certa.
Mesmo com mágoa no coração, sei que estás bem ao lado de outro.
Não com o mesmo amor, mas também sem aquele sofrimento que eu a faria passar.
É, a morte me levou da tua vida sem deixar que eu me despedisse ao contento. Que me levaria, eu já sabia, só não queria que você soubesse.
E também não sabia que te faria ter mágoa de mim.
Melhor assim!

“Dedicada aos amantes que partiram sem explicação. Que sofreram sem perdão, e que fizeram sofrer, para quem sabe mais tarde, muito além, um novo encontro merecer”.
O Guardião
Enviado por O Guardião em 02/06/2006
Reeditado em 31/08/2006
Código do texto: T167906
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34442 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:32)
O Guardião