Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma História Real (desabafo de dor!!!)

Essa é a história de minha vida!!!

Há algns anos numa noite de sábado e curtição com amigas, estavamos andando de carro, quando um outro carro parou ao meu lado no sinal vermelho, nesse momento nossos olhos se encontraram,gelei, seu sorriso era lindo. E eu o amei ao primeiro olhar.
Ele me chamou na seta e imediata me pus a segui-lo, ele me deu sinal e encostamos, descemos e nos apresentamos seu nome era Sergio, trocamos telefones depois de muita conversa e fomos embora.
Mal durmi naquela noite,pois não sabia se ele realmente iria me ligar, pois sabia que eu não iria ter coragem para ligar, mas pra minha felicidade ele ligou e combinamos de nos encontrar, naquele mesmo dia começamos a namorar.
Ele como eu adoravamos inovar, nunca uma noite foi igual a outra, realizamos todos nossos desejos e fantasias e nunca ficavamos separados, eramos almas gemeas,um precisava do outro para viver, para se sentir inteiro, completo...
Foram 3 anos de namoro e logo veio o noivado...
Tantos planos, tantos sonhos...sonhos!!!
Até que apareceu uma menina que se dizia gravida dele!
Meu mundo caiu! Mesmo ele jurando, não consegui acreditar, confiar nele, nossa vida virou um inferno, ate que nao aguentei e me separei dele! Hoje sei que não devia ter feito isso. Ele era inocente! algum tempo passou, mas nosso amor nunca morreu, pois o verdadeiro amor jamais morre,mas orgulhosos toda vez q nos encontravamos acabavamos brigando, mas nem assim nossa ligação se rompeu... Até uma outra noite de sábado...
Eu estava com amigos e ele passou e me viu conversando com um rapaz, um amigo, isso ja era motivo pra ele ligar e brigar comigo, quando o vi, peguei meu carro e sai dar uma volta sozinha, para pensar porque não conseguiamos mais nos entender, porque todos os nossos sonhos haviam sido destruido por uma farsa...
Nesse momento meu celular tocou, era ele, mal conseguimos nos falar pois caiu a ligação, ele me ligou mais cinco vezes e eu como imaginei que era pra brigar não atendi!!!
No domingo acordei angustiada e passei o dia inteiro chorando, era uma dor no peito insuportável que chegava a me faltar o ar...Foi o pior domingo da minha vida! Derepente minha mãe chega aflita e me avisa que naquela noite o Sergio havia sofrido um acidente e estava muito mal na UTI...Passou uma semana e ele veio a falecer...Perdi meu amor por orgulho, covardia, teimosia sei lá eu o perdi...
Hoje me pergunto porque não atendi, será que ele ia brigar, ou será que desta vez iamos nos entender...Não sei...A essa pergunta eu nunca vou ter a resposta... Ele faleceu a dez mês...
Mas o destino ou a vida ou Deus, ainda achou um jeito de me passar mais uma, quase duas rasteira...Acho que Deus achou que meu sofrimento era pouco...
Em novembro de 2005 meu unico irmão caiu de cinco metros de altura, bateu com a cabeça no chão, teve traumastismo craniano, edema cerebral e quebrou todas as costelas e paralisou a lado direito do corpo, ficou vinte e cinco dias em coma teve que fazer traqueostomia e ser alimentado por três mes por sonda, mas superando todas as expectativas médicas ele viveu, esta se recuperando não ficou sequela neurologica, esta com um pouco de dificuldade pra falar e andar mas mentalmente esta otimo graças a DEUS...
Mas em dezembro precisamos internar meu pai para realizar uma cirurgia de ponte de safena...
A cirurgia foi um "sucesso" ele ficou quatro mes internado, começou a ter ascite (juntar agua no organismo)isso foi na pleura, no pericardio e abdomem, sua cirurgia abriu inteira q dava pra ver o coração, teve parada respiratoria, mas estava aguentando firme... Qdo os médicos disseram que ele estava bem e que logo ia ter alta, marcaram a data pra fechar o peito dele para ir pra casa... fecharam... saiu da cirurgia acordado falando... vi ele na UTI a noite me disse q estava sem dor,mas não abriu o olho... Peguei na mão dele e disse: PAI VOU FICAR AQUI...VOCÊ SABE QUE EU TE AMO NÉ!!!
NISSO ELE ABRIU OS OLHOS E ME DISSE EU TAMBEM TE AMO XIMBICA...Essa era a forma q ele me chamava desde criança!
No outro dia eu vim embora pois ele estava em outra cidade e minha mãe ficou lá com ele os 4 mês...Entrei em casa minha mãe me liga dizendo que era pra eu voltar... voltei... os médicos tinham dado 48 horas para ele reagir... a muito custo trouxe minha mãe pra casa, pois ela estava emocionalmente esgotada, com o marido nessa situação e ela não podendo ajudar a cuidar do filho... eu e minha cunhada q cuidavamos dele... A noite ligam do hospital...Uma cirurgia q os médicos garantiram q em 7 dias ele iria ficar bom ... fui tirar depois de 4 mes meu pai morto de lá...
Ele era minha vida, meu chão, meu ar...E as ultimas palavras q ouvi dele foram naquela noite EU TE AMO!!!
Em menos de um ano perdi os dois homens que mais amei na vida!!!
Os dois sabiam que eu os amei demais e sempre falei isso a eles... e eles sempre me disseram isso tbem!!!
Por isso se você ama não tenha vergonha de falar de demonstrar... a vida é curta demais...
Se você ama um amigo, uma amiga, seus parentes seus familiares,um namorado, diga a eles o quanto os ama, não se acanhe... Meu pai ouvia isso de mim todos os dias e os Sergio todos os dias que ficamos juntos como ainda digo aos meus amigos, parentes e principalmente ao meu irmão e minha mãe...Ame sem medo pois isso é a unica coisa real que você pode dar a alguém... O amor
Diga enquanto você ainda os tem!!!
NEWTON BILOTTO E SERGIO EU AMO VOCÊS!!!


OBS: ISSO FOI UMA FORMA PRA EU DESABAFAR... DESCULPEM!!!
verusca bilotto
Enviado por verusca bilotto em 04/06/2006
Código do texto: T169041
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
verusca bilotto
Jaú - São Paulo - Brasil, 44 anos
1 textos (472 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:42)
verusca bilotto