Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pelas madrugadas

A noite chega e o sono que não vem,é nessa hora que a angústia bate e que tenho vontade de sair correndo,mas não sei para onde,acho que fugir de mim.
Correr,correr insanamente até cansar,talves dessa forma liberte tudo que está presso.
Fazer o que? Nestas madrugadasonde nada parece me consolar,meus pensamentos que não querem cessar e o sono bem longe de chegar.
Vontade de voltar no passado para ver se dá para concertar aqueles erros tolos que fizeram meu destino mudar.
Vontade de ir ao futuro,talves ele me reserve algo melhor,mas a única coisa que não quero é permanecer neste presente.
Preciso mudar minha vida de alguma forma,não consigo mais ficar parada vendo as coisas que poderia fazer.
Estou precisando me apaixonar.
Estou precisando realizar meus sonhos e não ficar imaginando e impotente não fazer nada.
Estou precisando sair de casa,tomar um ar e ver o dia lindo que me espera lá fora.
Estou precisando que a madrugada embale meus sonhos.
Estou precisando que ele me deixe dormir,que suma por momentos da minha cabeça,que me deixe novamente viver.
Simplesmente amor semi-platônico,ele distante nem imagina que alguém sofre e chora de desespero de com ele não poder estar.
Aí dói como facas que penetram em meu corpo.
As piores dores de amor que se pode sentir é o amor mal resolvido e o amor não correspondido.
O mal resolvido é impossivél reconquistar e o não correspondido já não é tão difícil assim,só não sei se tenho forças o bastante para isso,complicado demais para se solucionar,talves por um milagre se os nossos destinos se cruzarem,mas parece tão longe e hora tão perto como se fosse amanha.
Nos sonhos tudo se realiza nossa felicidade se concretiza e nós dois ali e real se torna,pois posso tocar sinto o seu abraço,seus toques,mas quando eu acordo nada acontece.
Borboleta da noite
Enviado por Borboleta da noite em 11/06/2006
Código do texto: T173689
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Borboleta da noite
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 30 anos
320 textos (14224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:51)
Borboleta da noite