Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Declaração de Amor Para o Dia dos Namorados

Amor,

       Pensei muito sobre o que te escreveria nessa data... Pensei tanto que não cheguei a nenhuma conclusão porque para as coisas do coração, a razão deve recolher-se e deixá-lo falar...
       Pensei no que poderia te dar, mas, não achei algo tão bonito e grandioso que pudesse representar o que de fato sinto, porque para o amor, não há representações suficientes, não há algo material que simbolize.
       Pensei no que poderia fazer, mas, fiquei numa grande indecisão, então, o medo de ousar algo, me conteve.
       Então calei a razão e se porta agora o meu coração... há tanto o que viver e o que já vivemos foi tão lindo, tão intenso e especial que é impossível em algumas linhas descrever. Só que ama pode sentir seu corpo tremer e suas mãos suarem quando pensa naquele alguém, e isso acontece quando eu penso em você.
       Realizei sonhos e nasceram mais deles, não sei se vou ter o prazer de realizar todos, mas sei o que quero agora: você.
       Algo que um dia achei ser tão irreal está ao alcance das minhas mãos, posso tocar, posso sentir, posso viver você! Posso sentir o sabor da sua boca e do seu corpo.... Não quero que isso seja uma chuva que passe, não quero que seja o sol que se esconde durante a noite, e nem a lua que não encontra o sol... Quero e luto pra ser eu! Sermos exatamente nós.
       Seu silêncio me trás dúvidas, não sei se o que digo, faço e mostro te agrada, mas saiba que faço de todo corpo, alma e coração.
       Pensei na imensidão do amor que tenho em mim, e pra você, e esse amor é você. Somos a vírgula que dá sentido a frase, somos a lágrima e o sorriso do poeta. Não adianta fugir de mim, nem eu de você, não quero mais a distância entre nós.
       Fecha os olhos. E sente em alguns segundos o que já vivemos, como um filme bom, com cheiro, cor e tom.
       Quero ser e ir muito mais além, e experimentar todas as gotas e sentidos de um sentimento tão grande, e tão lindo que está aqui dentro: o amor.
       Te amo.
       Ontem, hoje e sempre.
       E se um dia o destino nos separar, noutra vida irá nos juntar, pois almas afins são sóis que nunca escurecem, e é vida que nunca cessa.
 
Priscilia Nascimento
Enviado por Priscilia Nascimento em 12/06/2006
Reeditado em 13/06/2006
Código do texto: T174241
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilia Nascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
222 textos (24433 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:14)
Priscilia Nascimento