Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Herança


Diante de tantas árvores frondosas e de galos altos
Sinto o perfume que exalam
São emoções guardadas no peito, que com pensamento se transformam.
Em mim exprime palavras que com o tempo ficaram
Observando os momentos que o vento sopra
Levam versos e prosas,
Desprendem dessa árvore folhas
Umas caem, outras são levadas para longe
De outras o vento leva suas minúsculas sementes
Que bem longe nascem, e lá formam campos e florestas.
Essas sementes são as saudades que ficam em nossos pensamentos
São emoções de poder ver toda criação
Onde os olhos alcançam
Da natureza até a criação da raça humana
Bela criaturas, nascem, crescem e no coração
O desejo de viver
Uma coisa conheci
Conheci a felicidade, o jeito de conviver com tudo e com todos.
Adaptei-me ao ar do momento, com coragem superei a dor
Transformando toda tristeza em alegria
Num gesto sutil e envolvente a luz mostra o seu brilho radiante
Que irradia num sol de primavera
Dando-nos a esperança de florir novamente
Corre uma brisa suave, afagando-me o rosto. Saboreio-lhe o doce e a ternura do calor que emana. A Primavera chegou ao meu coração.
O coração conforta minha alma, curando as magoas e a desilusão.
Ó primavera florida cheia de flores belas que curam todos os males
Ao seu redor, sorrisos e nada mais.
Toda essa felicidade e alegria chegam com a primavera
De tanta alegria em ver-te nascer, nos ouvidos um gracioso choro
Seu primeiro som emitido.
Momentos depois enrolada num manto e aquecida no peito do amor materno
Nasceu uma estrela, nasceu uma pequena alma que tanta felicidade nos trousse.
Vivemos juntos essa felicidade que Deus nos deu como herança.
Minha filha.


Dedicado à minha filha: Laryssa Almeida Andrade
Andradep
Enviado por Andradep em 13/06/2006
Código do texto: T174842
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Andradep
Portugal
90 textos (4930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:48)
Andradep