Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CEDER...

Já faz muito tempo.
Nem esperava que se lembrase tanto assim de mim.
Foram anos de muita alegria naquela nossa adolescencia, mas o tempo verdadeiramente passou.
Envelhecemos e contituímos família. Cada qual realizou ou não seus sonhos.
Hoje, ao acordar, e ver jogada no quintal aquela carta com o seu nome, confesso que senti saudade.
Saudade, na verdade, nem mesmo sei do que.
Éramos apenas bons amigos; acho que éramos. Bem prefiro lembrar de você assim.
Mas, o conteúdo.
Quer dizer que estás só, sem ninguém ao teu lado.
Ah, a foto; linda foto, pois você não envelheceu jamais em meus pensamentos.
Mas devo aceitar?
Devo ir ao teu encontro?
Como estaremos agora, um diante do outro?
Ah, chega de perguntas mal formuladas e nem sequer respondidas.
Devo ou não devo...Ceder???
Ajude-me, por favor!!!
 
O Guardião
Enviado por O Guardião em 12/07/2006
Código do texto: T192646
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34444 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:22)
O Guardião