Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um dia, pensamentos transformados em palavras....II

Engraçado... A vida e seus caminhos... A alguns meses atrás somente importava-me, em preencher o tempo com  trabalho, leitura, filmes, escrita, e minha caminhada que tem carácter vital na manutenção do meu bem estar físico e mental,  o que fazia de forma sucinta, sem importar-me muito com companhia, concepção adquirida depois de uma sucessão de acontecimentos, pois aprendi que as vezes estamos em meio a uma multidão e sentimo-nos imensamente sozinhos, não proeminentes, mas tipo fora de lugar ... Dai desenvolvermos o chamado "grande poder de encaixe", que por sinal ajuda-nos em outros momentos bons ou menos bons...
Quando fui ao Brasil, e precisava o fazer para consolidar e comprovar alguns sentimentos inerentes á vários factores, importantes para minha alma de maneira intrínseca, lógico que também para colmatar a saudade dos meus filhos, da minha mãe, entre outras pessoas... Tive muitos momentos de reflexão que vieram ao encontro de algumas coisas que pensava a respeito do mundo, dos sentimentos, dos seres/pessoas, e vários conceitos/ideias que fui anexando à minha bagagem, e adaptando ao aprendizado quotidiano e contínuo, como um limar arestas, e isto fez-me concluir que de facto havia fechado as portas da minha vida, do meu coração, não somente no que tange a amar/apaixonar-se, mas também quanto as amizades, e isto nem de longe nem de perto iria proteger de sofrer, e ou decepcionar-me com o que quer que seja... Desta forma vim convicta a deixar-me de forma responsável e dentro dos moldes que acredito e pactuo, adepta e suscetível as devidas oportunidades, onde o factor decepcionar somente seria relevante se realmente condicionasse as actitudes das pessoas ao que realmente queria e não ao que me propunha viver, deixando os factos acontecerem de forma natural, como um fluir de acções desencadeadas a surpreender dia após dia,  compreendendo as diferenças, dificuldades, mudando o que seria possível, aceitando factores ditos imutáveis, apoiando quem quer que seja, e que ao olhar no espelho a imagem refletida corresponde a da pessoa mais importante em minha vida, pois somente assim posso ser para os outros reflexo de mim própria e do que acredito...
Acredito que surgiste de forma simples e característica, tão somente para demonstrar a beleza que alguns seres humanos ainda tem... Apesar de acreditar no todo, nas possibilidades e impossibilidades propostas pela vida...
26/07/06
----------------------------------------------------------------
De facto o que escrevo é com: o coração, a alma, a razão e sentimentos relacionados a estes, e realmente são privilegiadas as pessoas que tem o prazer de o receber, como vc...
Mas obg na mesma...
E kto a feedback, relativamente a qq actitude minha, prefiro não esperar, e sim surpreender-me, pelo menos a ansiedade fica comedida, pois acredito ser vão solicitar alguma apreciação inerente a estas, devemos esperar das pessoas o k elas nos realmente podem dar, e k seja algo natural, de dentro para fora... Pois do contrário não seria de bom tom...
24/07/06
Carolzita
Enviado por Carolzita em 26/07/2006
Código do texto: T202648

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Caroline Silva). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carolzita
Portugal, 42 anos
453 textos (61649 leituras)
5 e-livros (749 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:48)
Carolzita