Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Resposta à Vanuza ...
Definitivamente Triste

http://www.recantodasletras.com.br/prosapoetica/202731


Sei bem que não é de afago que precisas, mas de algo que se concretize e que nunca mais tire tudo do lugar. Sei também que não adianta injetarem gotas de esperança, onde todos pisaram e tripudiaram, fazendo-te doer. Uma dor não respeitada, sozinha, que leva embora a vaidade, a vontade, o desejo, a certeza, o véu e o sorriso que um dia brilhou. Agora que as paredes deste palco desabaram e que o cenário não passa de um fundo sem cor, não adianta mais oferecerem amor. O coração fechado à mil chaves, a mágoa dentro do peito lembrando das tentativas fracassadas, uma após a outra, numa sucessão de marteladas numa exposta ferida que nunca foi curada, nasceu lá junto do desabrochar... Mas se de repente, uns lindos olhos calarem bem fundo, num dia qualquer de incerteza e uma suave beleza acariciar a flor. Quem sabe do meio dos escombros, surja em mínimas partículas a esperança... mesmo pequena, mesmo estranha e o grito transforme-se em AMOR. Sei lá!!! Quem sabe um anjo tenha ouvido teu pedido de socorro e de repente envie alguém que precise de ti e que te ame para validar esta vida já cansada e te mostrar que ainda vale a pena o sonho.
Angela Lara
Enviado por Angela Lara em 27/07/2006
Reeditado em 28/03/2012
Código do texto: T202955
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angela Lara
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
1830 textos (247904 leituras)
53 e-livros (15732 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:38)
Angela Lara